O sábado era de clássico da cidade de Gênova. A Sampdoria seria mandante contra seu maior rival, o Genoa, mas o estádio Luigi Ferraris estava em condições muito além do que é aceitável. As chuvas castigaram a cidade portuária italiana e tornaram a partida inviável.

Segundo avaliação do árbitro da partida, o famoso Gianluca Rocchi, o campo estava impraticável. Por duas vezes antes da partida, o áritro pegou a bola e jogou no gramado para avaliar se ela estava quicando e rolando. Como nenhuma das duas coisas aconteceu com naturalidade, a decisão foi pelo adiamento.

Gênova sofreu com quatro horas de chuva intensa e a previsão meteorológica indicava que as chuvas continuariam à noite. O jogo começaria às 19h45, no horário local, e foi adiada. A data mais provável, segundo relatos de veículos de imprensa italianos, é o dia 4 ou 11 de março.

O árbitro Gianluca Rocchi testa o gramado, mas a bola não rola (AP Photo/Carlo Baroncini)
O árbitro Gianluca Rocchi testa o gramado, mas a bola não rola (AP Photo/Carlo Baroncini)
Gramado Luigi Ferraris sem condições de jogo
Gramado Luigi Ferraris sem condições de jogo

Na França, o problema foi a neve. O jogo entre Evian e Lorient aconteceria no estádio Parc des Sports, em Annency. Mas as fotos mostraram que o estádio estava coberto de neve e não haveria condições de jogo. Uma nova data será estabelecida pela liga francesa. Veja:

Foto divulgada pelo Evian mostra o gramado coberto de neve
Foto divulgada pelo Evian mostra o gramado coberto de neve