Na decisão do Torneio Internacional da China, seleção feminina perde a taça nos pênaltis

O domingo começou com amistoso da seleção feminina. O time comandado por Pia Sundhage disputou a decisão do Torneio Internacional da China, competição amistosa na qual encarou as donas da casa na final. E as brasileiras acabariam perdendo a taça para as chinesas. Apesar do empate por 0 a 0, a equipe nacional sucumbiu na disputa por pênaltis. Ainda assim, o Brasil permanece invicto neste ciclo pós-Copa do Mundo, com quatro vitórias e dois empates desde a chegada da treinadora sueca.

Durante o primeiro tempo, houve certo equilíbrio entre as duas equipes, mas o Brasil conseguiu chegar de maneira mais constante ao ataque. Foram ao menos três oportunidades claras das brasileiras, geradas a partir de ligações diretas, que não foram finalizadas da melhor forma. Durante o segundo tempo, a China apresentou uma postura mais ofensiva e ameaçou a Seleção, que sofria em suas transições. Ainda assim, o Brasil teve a chance de ouro para sair com a vitória nos acréscimos, em lance no qual Geyse mandou para fora.

Já nos pênaltis, a China demonstrou uma melhor pontaria e venceu por 4 a 2. Tamires carimbou a trave, em bola que ainda bateu nas costas da goleira antes de sair, enquanto Andressinha mandou ao lado da meta. Ficou o gosto amargo por uma apresentação que poderia ser melhor. Outra vez, o Brasil deixou a desejar na criação do meio-campo, sobretudo na metade final do duelo, quando o time não fluiu.

Essa foi a despedida da seleção feminina em 2019. A equipe volta a se reunir apenas em janeiro, para treinamentos visando a preparação aos Jogos Olímpicos. Campeão da Copa América, o Brasil está garantido em Tóquio, ao lado de outras cinco seleções – Japão, Nova Zelândia, Suécia, Reino Unido e Países Baixos.

Neste final de semana, vale destacar ainda o amistoso entre Inglaterra e Alemanha, que aconteceu em Wembley. As Lionesses registraram o seu recorde de público, com 77,8 mil torcedores presentes nas arquibancadas. As alemãs, porém, venceram o jogo por 2 a 1. Alexandra Popp abriu o placar aos nove minutos e as inglesas perderam um pênalti, antes que Ellen White empatasse aos 44. Porém, no fim do segundo tempo, Klara Bühl confirmou o triunfo das visitantes.