Classificado aos mata-matas da Liga dos Campeões, o Atlético de Madrid pode se concentrar no Campeonato Espanhol. A campanha segue com suas oscilações, mas o time emenda uma sequência invicta e permanece como o um dos principais perseguidores ao Barcelona na disputa pela liderança. Neste sábado, os colchoneros quase deixaram escapar uma vitória que parecia fácil. Abriram dois gols de vantagem sobre o Valladolid fora de casa, mas permitiram que os violetas empatassem. No entanto, a presença de um craque como Antoine Griezmann vale ouro ao Atleti. Com dois gols e uma assistência, o francês carregou o time rumo ao triunfo por 3 a 2.

O Atlético terminou o primeiro tempo com dois gols de vantagem. Griezmann parece se entender bem com Nikola Kalinic, em parceria forçada pela lesão de Diego Costa, e deu o passe para o croata abrir o placar. Já nos acréscimos, o camisa 7 ampliou cobrando pênalti. No entanto, um apagão tomou os rojiblancos no início da segunda etapa, permitindo o empate ao Valladolid. Em apenas 18 minutos, Fernando Calero e Saúl Ñíguez (contra) refutaram a diferença no placar. Isso até que Griezmann reaparecesse aos 35. Insistiu bastante até fazer o gol da vitória. De ruim, apenas a notícia sobre a lesão de Filipe Luís, mais uma para atravancar o elenco de Diego Simeone.

Ainda aguardando o Barcelona entrar em campo, o Atlético de Madrid cola nos líderes. Ambas as equipes somam 31 pontos, com vantagem aos blaugranas nos critérios de desempate. Quem também pode se juntar a eles é o Sevilla, outro que faz bom papel no campeonato, com 28. Já o Valladolid, apesar da fase ruim nas últimas rodadas, segue com uma campanha acima das expectativas em seu retorno à primeira divisão. É o 12°, com 20 pontos, seis acima da zona de rebaixamento – e a quatro da zona de classificação à Liga Europa.