O Benevento chegou à última rodada do primeiro turno do Campeonato Italiano sem ter conseguido nenhuma vitória. Enfrentara quase todos os seus adversários e o melhor que havia conseguido era o empate com o Milan, épico, emocionante, com gol do goleiro nos acréscimos. Faltava apenas o Chievo. E, enfim, o caçulinha da Serie A venceu. Na 19ª rodada. Na 19ª tentativa.

LEIA MAIS: O Benevento sonhou, o Milan ameaçou, e Brignoli foi o herói inesperado

É difícil identificar melhora em um time que tinha um currículo de um empate e 17 derrotas, mas o Benevento não vinha sendo batido com tanta facilidade quanto no começo do torneio. Chegou a fazer 1 a 0 contra a Spal, já no segundo tempo, e levou a virada com dois gols em menos de dez minutos. Empatava com o Genoa até os 47 da etapa final, quando Lapadula marcou o tento da vitória por 1 a 0.

O Chievo, por sua vez, não vinha fazendo uma campanha ruim. Tinha apenas duas derrotas em dez partidas antes de levar 5 a 0 da Internazionale. Depois da goleada, empatou com a Roma e perdeu de Crotone e Bologna. A derrota para o Benevento foi o quinto jogo sem vitória pela Serie A.

O gol da histórica primeira vitória do Benevento na elite italiana saiu aos 19 minutos do segundo tempo. O escanteio foi cobrado da direita, e a defesa do Chievo cortou. D’Alessandro mandou de volta para a área com curva, e Massimo Coda desviou para as redes.


Os comentários estão desativados.