Murtaza Ahmadi acordou chorando, no meio da noite, na província de Ghazni, uma região do Afeganistão que ainda precisa conviver com bombas. As lágrimas cessaram apenas quando o garotinho de cinco anos encontrou um saco plástico, transformado pelos seus irmãos em uma camisa de Lionel Messi. A partir de agora, no entanto, o pequeno terá um item bem mais legal para se consolar nos momentos difíceis e correr pela areia afegã como se estivesse no Camp Nou.

LEIA MAIS: A foto que traduz a força mais natural do futebol

Messi enviou uma camisa autografada para Murtaza, que chegou nesta quinta-feira, de acordo com a Unicef, da qual o argentino é um dos embaixadores. O pacote de presentes, entregue pela agência, contém outras camisas para Murtaza compartilhar com a família.

MAIS: A BBC parece ter encontrado o fã de Messi com a camisa de saco plástico, e ele não é do Iraque

Algumas certamente serão dadas aos parentes que fizeram mágica com o saco plástico, publicaram a foto no Facebook e fizeram com que Messi conhecesse Murtaza, mesmo que o encontro que estava sendo planejado ainda não tenha acontecido.

“Eu amo Messi e minha camiseta diz que Messi me ama”, disse Murtaza.

Today Murtaza Ahmadi can proudly show off new signed jerseys and a football he received from UNICEF Goodwill Ambassador…

Publicado por UNICEF em Quinta, 25 de fevereiro de 2016