Mundo

[Galeria] Nova chuteira da Nike ficou bem bonita, mas tem uma função bastante desnecessária

Recentemente, após anos de modelos das mais diferentes cores, a Nike voltou a apostar em chuteiras pretas em seus principais lançamentos. O mais novo deles, a Hypervenom Phantom Transform, não é completamente escura. Alterna com o laranja, de uma maneira inovadora: inicialmente toda preta, ela vai ganhando tons de laranja conforme a temperatura dentro do calçado aumenta. Um recurso tão inútil quanto criativo.

VEJA TAMBÉM: Nike cria série de matérias para entender o futebol latino-americano em sua origem: a rua

Inovações tecnológicas viraram fator essencial para as marcas de acessórios esportivos, sobretudo quando o assunto é chuteira. De um ou dois anos para cá, a tentativa de trazer algo diferente ao mercado levou as empresas a apresentarem modelos extremamente leves, chuteiras com tecido fino e até mesmo exemplares de cano alto.

A tonalidade padrão da Hypervenom Phantom Transform é preta, mas o material contido no cabedal da chuteira é ativado pelo calor e vai, pouco a pouco, a transformandoem laranja. Logo após o jogador retirar a chuteira, ela volta para o preto original. O primeiro estoque de vendas se esgotou imediatamente após o lançamento nesta quinta, já que a Nike havia disponibilizado apenas 24 pares em seu site. Se algum de seus jogadores utilizarem-na no final de semana, talvez dê para esperar a volta do modelo à loja online da marca.

Confira o vídeo produzido pela Nike e a galeria de fotos com algumas imagens da chuteira:

[galeria_embeded]

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo