Mundo

Melhor do Mundo Fifa inclui votação popular para concorrer com Bola de Ouro

A separação entre a Bola de Ouro da revista France Football e a Fifa gerou mudanças nos dois prêmios. A Bola de Ouro voltou a ter os jornalistas como únicos votantes. Já o prêmio da Fifa, conforme foi anunciado nesta segunda-feira, também mudará. Capitães e técnicos das seleções continuam votando, mas terão sua participação reduzida a 50% do total. Os outros 50% serão divididos entre mais de 200 jornalistas de diversos lugares do mundo e a grande novidade: votação popular, pela internet.

LEIA TAMBÉM: Argentina e Uruguai reforçam interesse em sediar Copa do Mundo de 2030

Quem votar pela internet escolhe os melhores de quatro categorias: melhor jogador e melhor técnico do futebol masculino e melhor jogador e técnico do feminino. “Este evento será sobre futebol e os seus mais apaixonados participantes – jogadores, técnicos e torcedores”, afirmou o presidente da Fifa, Gianni Infantino, ao site da entidade. “É um novo evento, com novas abordagens celebrando o jogo que nós todos amamos”.

Separado da Bola de Ouro, prêmio da Fifa agora chama "The Best"
Separado da Bola de Ouro, prêmio da Fifa agora chama “The Best”

A votação, portanto, terá quatro grupos com pesos iguais na votação. Capitães das seleções representarão 25% dos votos; técnico das seleções outros 25%; jornalistas dos mais diversos lugares do mundo também 25%; e o público, a grande novidade, também representará 25% do total. Antes a votação era a soma dos votos individuais de capitães, técnicos e jornalistas.

Além dos prêmios de melhor jogador e técnico de cada categoria, masculino e feminino, a Fifa ainda manterá o Prêmio Puskás de gol mais bonito; o Prêmio Fair Play; o time do ano (FIFPro World11, uma votação que é integralmente feita entre os jogadores); e uma novidade: Prêmio dos Torcedores. Esta premiação será feita de ações de torcida previamente selecionadas por um painel de “especialistas em futebol”, ao menos segundo a Fifa. A votação será inteiramente escolhida pela internet, como o Puskás.

Os 10 escolhidos para concorrer ao prêmio serão divulgados ao longo da próxima semana, de acordo com este calendário:
– Terça-feira, 1º de novembro: 10 candidatos a melhor técnico (a) do ano no Futebol Feminino
– Quarta-feira, 2 de novembro: 10 candidatos a melhor técnico (a) do ano no Futebol Masculino
– Quinta-feira, 3 de novembro: 10 candidatos a melhor jogadora do ano no Futebol Feminino
– Sexta-feira, 4 de novembro: 23 candidatos a melhor jogador do ano no Futebol Masculino

A votação para as quatro categorias começam no dia 4 de novembro e irão ser fechadas no dia 22 de novembro. A lista final dos três finalistas de cada um dos prêmios será no dia 2 de dezembro. A cerimônia de premiação será no dia 9 de janeiro. A Bola de Ouro, por exemplo, será em dezembro.

E aí, o que acharam da mudança?

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo