Ele não é tão rico quanto deveria, não tem nível técnico altissimo como todos gostariam, a competitividade à contestável nas etapas iniciais e nem todos os torcedores valorizam quanto deveriam. Mas não há como negar que o Mundial de Clubes é um torneio interessante e consolidado, que já motiva torcedores brasileiros a acordar cedo em dezembro para ver o que está rolando do outro lado do mundo.

Mas, para a edição 2012, há um atrativo especial. Não, não é a presença do Corinthians, que motiva seus torcedores tanto quanto a ida de outros clubes agitou seus seguidores. O que chama a atenção é a possibilidade real de vermos um duelo entre Europa e América do Sul em igualdade de condições, algo que não ocorreu nos últimos anos.

O Mundial de Clubes, no entanto, não se resume a Corinthians e Chelsea. Há também o Monterrey, que pode ser uma pedra no caminho dos ingleses se estiver em um bom dia. O Al Ahly, que depois de vivenciar uma tragédia em fevereiro, conquistou heroicamente a Liga dos Campeões da África, além do amador Auckland City, que já é presença constante na decisão. Completam a lista de participantes o Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul, e o Sanfrecce Hiroshima, representante do país-sede.

Para ajudá-lo a acompanhar tudo de perto, a Trivela preparou um guia da competição. Bem, você não tinha dúvida que faríamos isso, certo? Então, coloque essa página nos seus favoritos e vá clicando e lendo tudo pelas próximas duas semanas.

Os clubes

Fase preliminar

Auckland City

Sanfrecce Hiroshima

Quartas de final

Al Ahly

Monterrey

Ulsan

Semifinais

Chelsea

Corinthians

As sedes

Conheça Yokohama e Toyota, dos estádios que receberão o Mundial até a comida típica da cidade.

História

A complicada relação dos clubes ingleses com o Mundial de Clubes, de boicotes e desdém a momentos de maior atenção.

Ranking

Desde que o Mundial de Clubes passou a ter representantes de todos os continentes, a Europa domina. É mesmo? De quanto seria essa vantagem? E como está a briga de África, Ásia e Concacaf pelo posto de terceira força mundial? A Trivela fez contas, e mostra a resposta.

O pior de todos?

Analisando o desempenho no início da temporada, o Chelsea pinta como um dos piores representantes europeus na história do Mundial de Clubes. Entenda os números.

Legião Brasileira

Veja os brasileiros que já disputaram o Mundial por clubes de fora da América do Sul.