Mladá Boleslav, da República Tcheca, no grupo C; Dinamo Zagreb, da Croácia, no grupo D; Sparta Praga, também da República Tcheca, no grupo E; e Estrela Vermelha, da Sérvia, no grupo F. Estas quatro equipes serão as representantes do Leste Europeu na disputa da próxima Copa Uefa. Pouco, muito pouco – na última temporada foram sete clubes.

Ao todo, a região compreende 13 nações (excluindo a ex-União Soviética), sendo que somente três estarão representadas na competição. Para efeito de comparação, a Escandinávia, com apenas seis nações, emplacou cinco times nesta Copa Uefa. Considerando ainda que, na Liga dos Campeões, somente Slavia Praga e Steaua Bucareste representam a região, o Leste Europeu fica com minguados seis times em competições européias. E na prática, nenhum tem condição de sonhar com algo além de uma campanha modesta.

Focando as atenções na Copa Uefa, vamos analisar as chances das equipes orientais e os grupos que cada um caiu.

Para começar, o patinho feio da região: Mladá Boleslav. Na última Copa Uefa, terminou na lanterna de sua chave, o que não deve mudar muito nesta temporada, apesar da surpreendente vitória sobre o Palermo-ITA, nos pênaltis, na fase anterior, que o garantiu no torneio. No entanto, caiu no grupo C, ao lado de dois concorrentes ao título – Fiorentina-ITA e Villarreal-ESP – e para dificultar um pouco mais, da boa equipe grega do AEK. Ao menos tem o Elsborg-SUE para equilibrar. Na Gambrinus Liga é o quinto colocado, com 15 pontos em nove jogos.

No grupo D o Dinamo Zagreb tem boas chances de surpreender. Tem o forte Hamburg-ALE, pela frente, mas briga de igual para igual com Rennes-FRA e Basel-SUI, além de ser favorito contra o Brann-NOR. Caiu na terceira fase preliminar da Liga dos Campeões, após duas derrotas vendidas muito caras para o Werder Bremen-ALE. Depois, se garantiu na fase de grupo da Copa Uefa ao eliminar o Ajax-HOL com duas vitórias. Tem no jovem meia-atacante Luka Modric (foto) seu maior talento. Ele, inclusive, é uma das maiores esperanças do futebol croata nos últimos anos e deve permanecer em Zagreb por pouco tempo, até ser negociado com um grande clube europeu.

Quem decepcionou na temporada foi o Sparta Praga, que almejava repetir o feito do ano passado e se classificar para a LC – pior, viu o rival Slavia conseguir isso. No entanto, o sorteio das fases preliminares não foi dos mais agradáveis para a equipe: caiu na terceira fase diante do Arsenal-ING. Caiu no grupo E, após sofrer para eliminar o OB-DIN nos pênaltis, um dos mais equilibrados desta edição da Copa Uefa. Os tchecos terão pela frente Spartak Moscou-RUS, Toulouse-FRA, Bayer Leverkusen-ALE e Zurich-SUI.

Por fim, o grupo F vai reservar o confronto de dois ex-campeões da Liga dos Campeões. O Estrela Vermelha, campeão em 1991, vai encarar o poderoso Bayern de Munique-ALE, tetracampeão. Apesar da nostalgia, as chances de triunfo sérvio são poucas, até pelo fato do Bayern, hoje, ser um dos melhores times do mundo. Para compensar, enfrenta Braga-POR, Aris-GRE e, outro rival complicado, Bolton-ING. Por pouco não se classificou para a Liga dos Campeões, já que quase conseguiu surpreender o Rangers-ESC na terceira fase preliminar. O time fez boas contratações na temporada: o colombiano Mauricio Molina (M, Olimpia-PAR), o equatoriano Franklin Salas (A, LDU-EQU), o argentino Hernán Barcos (A, Deportivo Olmedo-EQU) e ainda repatriou Nenad Jestrovic (A, Al-Nasr-EAU)

Para constar, como já foi constatado no início do texto, a maioria dos times do Leste Europeu caiu nas fases anteriores. Na última preliminar da Copa Uefa, o Artmedia-ESL foi eliminado pelo Panathinaikos-GRE, o Dinamo Bucareste-ROM tombou diante do Elfsborg-SUE, Lokomotiv Sófia-BUL perdeu para o Rennes-FRA, Rapid Bucareste-ROM não suportou o bom time do Nuremberg-ALE, o Rabotnicki-MAC quase surpreendeu o Bolton-ING mas ficou no quase, o Sarajevo-BOS ficou no Basel-SUI, o Toulouse-FRA sacramentou o CSKA Sófia-BUL e, por último, o Litex Lovech-BUL saiu do torneio pelos pés do Hamburg-ALE.

CURTAS

CROÁCIA
– O Dinamo Zageb segue seu passeio na Prva Liga. Em onze jogos foram dez vitórias e somente uma derrota, com a liderança isolada com 30 pontos, sete à frente do Rijeka, segundo colocado. O Hayduk Split é apenas o sexto, com 16 pontos.

REPÚBLICA TCHECA
– George Weah Jr., filho do ex-atacante do Milan-ITA, está passando por um período de testes no Slavia Praga. O jovem jogador liberiano, de apenas 20 anos, estava no Yverdon, da segunda divisão suíça. O jogador tem nacionalidade francesa e norte-americana também.

– Na Gambrinus Liga, o próprio Slavia confirma seu bom momento e lidera a competição com 22 pontos em nove jogos. Teplice (20), Banik Ostrava (18) e Sparta Praga (16) completam o topo da classificação.

ROMÊNIA
– Cristiano Bergodi protagonizou uma novela mexicana no Rapid Bucareste. Depois da eliminação na Copa Uefa, pediu demissão. Os jogadores teriam pedido sua permanência e ele voltou atrás. Uma semana depois, após vencer o Farul Constanta, pelo Campeonato Romeno, resolveu deixar o clube.

– Pelo torneio nacional, o CFR 1907 Cluj surpreende e lidera com 24 pontos em dez jogos. É seguido de perto pelo Unirea Valahorum Urziceni, com um pontos a menos. As equipes de Bucareste – Rapid, Steaua e Dinamo – aparecem em quinto, sexto e sétimo, respetivamente, com 19, 18 e 17 pontos, mas uma partida a menos.

SÉRVIA
– Partizan e Estrela Vermelha foram punidos devido aos incidentes ocorridos durante o dérbi entre eles, no mês passado, pelo Campeonato Sérvio. O Partizan terá que mandar uma partida com portões fechados. Torcedores da equipe ofenderam o senegalês Ibrahim Gueye, do Estrela Vermelha, com cânticos racistas. Além disso, um grupo de fãs do clube invadiu o gramado no final do jogo.

– O meia Lukas e o atacante Nenad Jestrovic, ambos do Estrela Vermelha, foram suspensos por dois jogos. Ognjen Koroman, companheiro de equipe dos dois, pegou um gancho de uma partida por ‘conduta violenta’. Os dois times também receberam uma multa pelo fato de seus torcedores atirarem sinalizadores no campo.

– Mais deste colunista em seu blog.