O maior boxeador de todos os tempos, Mohammad Ali, morreu neste sábado, era um grande amigo de Pelé. Quem conta isso é justamente o brasileiro, que está em Manchester para um evento de caridade. Mais do que um atleta, Ali era dono de uma personalidade marcante, confiante e também brincalhona. Foi assim que ele comentou sobre futebol com Pelé.

LEIA TAMBÉM: Muhammad Ali foi o exemplo do que todo grande esportista deve ser

“Ele costumava dizer que era meu irmão”, afirmou Pelé. “Nós tivemos muitas oportunidades de estar juntos. Nós trabalhamos muito pelas crianças na Unicef. Uma vez ele me disse: ‘Futebol é mais bonito que boxe, mas eu sou mais bonito que você’”, contou ainda a lenda brasileira. “Eu o vi no ano passado. Nós fomos até a casa dele, fizemos uma entrevista para um hospital no Brasil, um hospital de crianças para o qual trabalho”.

No Instagram, Pelé também lamentou a morte de Ali. “O universo do esporte sofre uma grande perda. Muhammad Ali era meu amigo, meu ídolo, meu herói. Passamos muitos momentos juntos e sempre mantivemos contatos todos esses anos. A tristeza é enorme. Desejo que ele descanse junto a Deus e amor e força à sua família”, escreveu Pelé.