O Manchester United chega a este final de ano em uma situação muito longe da que gostaria. O time está a 14 pontos do líder e a sete dos quatro primeiros colocados do Campeonato Inglês. Visita o Southampton neste sábado com a responsabilidade de fazer mais. O time segue sendo muito questionado, especialmente o seu técnico, José Mourinho. Uma das coisas pela qual ele é criticado é por usar demais Marouane Fellaini.

LEIA TAMBÉM: Fellaini, nos acréscimos, classifica o United, para a desforra de Mourinho

“Às vezes é por causa de eficiência. Outras vezes é o modo como abordamos o jogo e obviamente é um pouco confuso”, afirmou o treinador do Manchester United. No meio da semana, na terça-feira, o time venceu o Young Boys nos acréscimos graças a um gol de Fellaini. Ele deve jogar novamente contra o Southampton e, para Mourinho, o jogador belga, de 31 anos, finalmente está recebendo o crédito que merece.

“Todo mundo sabe que Marouane não é [Diego] Maradona, mas todo mundo sabe o que Marouane é e o que ele pode oferecer”, disse Mourinho. “Nesse momento, especialmente, nesta temporada e na última, ele fez o que os atacantes não puderam fazer, que é marcar gols em momentos importantes”, analisou ainda o treinador português, em um típico misto de elogio a uns e crítica a outros (ouvi Lukaku?).

“Eu o conheço muito bem e eu sei as posições que ele pode jogar, os trabalhos que ele pode fazer. Nesta temporada, vocês o viram como um terceiro zagueiro central contra o Burnley, como um centroavante e como número oito”, explicou Mourinho. “Ele é muito importante nas duas áreas. Agora as pessoas sabem o que Marouane é e ele também sente que é uma boa sensação”, afirmou Mourinho.

O jogo contra o Southampton será fora de casa, no estádio St. Mary’s, no sábado, 1º de dezembro, às 15h30. O jogo terá transmissão pela ESPN Brasil.