Depois de perder do Milan e do Lecce, a Lazio tropeçou mais uma vez. Agora foi uma derrota nos acréscimos contra o Sassuolo, em casa, o que mostra que o time perdeu mesmo o embalo que vinha antes da pandemia da COVID-19. A derrota por 2 a 1 em casa faz o time de Simone Inzaghi ficar ameaçado de ser ultrapassado pela Atalanta, que vem embalada. E deixa o time cada vez mais longe do sonho do scudetto. Se considerarmos os últimos cinco jogos, são quatro derrotas e só uma vitória.

As duas derrotas seguidas já tinham colocado a Lazio em uma posição difícil na briga pelo título, mas esta terceira soa como coma constatação definitiva. Não foi só um escorregou, não foram só dois jogos por acaso. O time jogou mal mais uma vez, não conseguiu estar na mesma velocidade do Sassuolo, que colocou uma correria na partida. Não por acaso: o time de Roberto De Zerbi usou da condição física para atropelar a Lazio. Não no placar, mas no físico.

O gol anulado de Giacomo Raspadori, logo aos 10 minutos do primeiro tempo, parecia uma sorte que a Lazio aproveitaria. Sorte porque o gol foi anulado pelo VAR, mas o útimo toque parece ter sido de Marco Parolo, o que tornaria o gol válido. Um lance difícil para a arbitragem, mas que o VAR poderia ter corrigido.

O gol da Lazio saiu aos 33 minutos do primeiro tempo. Depois de uma descida muito veloz pela direita com Manuel Lazzari, o ala invadiu a área e tocou para trás. Luis Alberto dominou e tentou a finta, a bola escapou, mas ele dividiu com a marcação para chutar e marcar 1 a 0. Mais uma vez, um lance com alguma dose de sorte, novamente em favor da Lazio. Mas seria toda a sorte que o time teria na partida.

O time da Lazio perdeu tudo que tinha funcionando. O esquema tático de Simone Inzaghi parou de funcionar, porque ele perdeu muitos jogadores por lesões ou suspensões. Fisicamente, o time está claramente pior do que antes e, mais grave, pior que os adversários que enfrenta. Além disso, é evidente também o declínio mental, a falta de confiança, algo que o time tinha como qualidade até a parada. A Lazio acreditava que poderia vencer e ganhava força para vencer, aliada a todos os outros aspectos. Esses aspectos não existem mais.

Se no começo do primeiro tempo o gol de Raspadori foi anulado por impedimento, e um impedimento que dá para discutir, porque Parolo parece ter tocado na bola intencionalmente, no início do segundo tempo não teve escapatória para a Lazio. O time perdeu a bola na intermediária e o Sassuolo foi rápido para finalizar a jogada. Caputo recebeu em profundidade e tocou para o meio, onde Raspadori entrava livre. Ele só empurrou para a rede: 1 a 1, aos sete minutos.

A Lazio já parecia sofrer no jogo e o passar de minutos foi piorando isso. O Sassuolo controlava o jogo e foi melhor no segundo tempo, buscando a virada. Inzaghi precisou mudar o time, preencheu o meio-campo com as entradas de Danilo Cataldi e Lucas Leiva no meio-campo, mas foi só um remendo em um time que já tinha um vazamento grande demais.

Ciro Immobile, artilheiro da Serie A, quase conseguiu o gol para colocar a Lazio em vantagem de novo, mas a bola tocou a trave. E, aos 46 minutos do segundo tempo, o Sassuolo arrancou a virada. Rogério cruzou da esquerda, o zagueiro Gianmarco Ferrari desviou de cabeça na segunda trave na direção da primeira, onde encontrou Francesco Caputo livre para tocar, também de cabeça, e marcar: 2 a 1 e virada para os visitantes.

O Sassuolo, aliás, é uma das melhores equipes depois da volta do futebol na Itália. É a quarta vitória seguida do time da Emilia-Romanha, que e o oitavo colocado na Serie A. A Lazio parece em uma ladeira na temporada e vê o seu lugar seriamente ameaçado. Principalmente pela Atalanta, que está em alta, mas também pela Inter, que está três pontos atrás. Restam seis rodadas para o fim da Serie A. E a preocupação de Inzaghi em se classificar para a Champions League primeiro parece começar a fazer sentido. A distância para a quinta colocada, Roma, é de 16 pontos, mas a Lazio está tão atordoada que começa a preocupar seus torcedores.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore