Henrikh Mkhitaryan ficou oito rodadas da Premier League afastado por uma lesão no pé e retornou, no começo de fevereiro, contra o Huddersfield. No último fim de semana, fez um gol e deu uma assistência na vitória por 2 a 0 sobre o Southampton. Nesta quarta-feira, voltou a brilhar contra o Bournemouth e comandou a goleada por 5 a 1, no Emirates Stadium.

LEIA MAIS: Estes são os confrontos das oitavas de final da Liga Europa

Outro que se destacou foi Mesut Özil, com problemas para ganhar minutos em campo com Unai Emery. Desde o final de novembro, jogou apenas seis vezes em 16 rodadas, quatro como titular. Começou jogando diante do Bournemouth e recebeu o passe de Kolasinac para abrir o placar tocando por cima do goleiro Artur Boruc, que ainda espalmou a bola para as próprias redes.

Aos 27 minutos, Mkhitaryan tabelou com Özil e completou de dentro da área para fazer o segundo gol do Arsenal. Três minutos depois, Dan Gosling aproveitou vacilo de Guendouzi na saída de bola e rolou para Lys Mousset descontar. No começo do segundo tempo, os Gunners abriram vantagem novamente. Mkhitaryan tabelou e entrou pela direita, parelamente à linha de fundo. Cruzou rasteiro para Koscielny fazer o terceiro dos donos da casa.

Mkhitaryan puxou contra-ataque e lançou Aubameyang, com um toque de Trivela. O atacante do Arsenal avançou, driblou o goleiro Boruc e fez o quarto. De falta, Lacazette fechou a goleada que deixa o Arsenal na quarta posição da Premier League, um ponto à frente do Manchester United, e a três do Chelsea, que tem um jogo a menos.