A Inglaterra anunciou nesta quinta-feira (29) os seus convocados para os jogos contra Bulgária e Kosovo, em 7 e 10 de setembro, pelas eliminatórias da Euro 2020. Na lista, quatro nomes chamam atenção por seu bom começo na Premier League e também por não terem ainda jogos com a camisa dos Three Lions: Tyrone Mings, Aaron Wan-Bissaka, Mason Mount e James Maddison.

Mount, do Chelsea, e Maddison, do Leicester, já foram convocados no ano passado para partidas pela Liga das Nações contra Croácia e Espanha. Entretanto, não chegaram a entrar em campo. Ganham, portanto, a oportunidade de fazerem suas estreias pela seleção agora.

Maddison, após boa temporada pelo Leicester, começou a campanha 2019/20 mais uma vez em alta, tendo destaque principalmente na última rodada, uma vitória fora de casa por 2 a 1 sobre o Sheffield United, quando liderou ofensivamente o time.

Já Mount joga sua primeira temporada na elite e vem impressionando em suas primeiras partidas. Em três jogos, fez dois gols, além de ter feito bom primeiro tempo na estreia contra o United, apesar da derrota. Esteve emprestado ao Derby na temporada passada, foi destaque na Championship sob comando de Frank Lampard e aproveitou a ida do técnico aos Blues e a punição ao clube, proibido de contratar, para conquistar seu espaço.

O lateral direito Wan-Bissaka, do Manchester United, e o zagueiro Tyrone Mings, do Aston Villa, por sua vez, são recompensados por seus bons inícios com novas camisas e acabam convocados pela primeira vez.

Mings, que chegou ao Villa por empréstimo na segunda metade da temporada passada e foi contratado em definitivo para o início da campanha atual, ajudou o clube a subir à Premier League e tem tido bom desempenho, incluindo assistência na rodada inicial, contra o Tottenham. “Gosto muito de suas qualidades de liderança. É um atleta excepcional, e vejo muito espaço para melhorias nele”, avaliou Southgate.

No United, Wan-Bissaka, por sua vez, chegou para consertar a lateral direita e correspondeu imediatamente. O jovem defensor, de apenas 21 anos, tirou a vaga de Kyle Walker, em decisão que faz parte de uma renovação que Southgate vislumbra para a posição.

“Ele se adaptou muito rapidamente em uma transferência de alto perfil, então estamos bastante de olho nele e no Trent (Alexander-Arnold). É por isso que o Kyle Walker não está envolvido”, explicou o técnico.

Por fim, outra novidade interessante é Oxlade-Chamberlain, do Liverpool, que não aparecia desde março de 2018, quando vivia ótimo momento, mas viu a fase ser interrompida por uma séria lesão.

Confira a lista completa de convocados por Southgate:

Goleiros: Tom Heaton (Aston Villa), Jordan Pickford (Everton) e Nick Pope (Burnley)

Defensores: Trent Alexander-Arnold (Liverpool), Ben Chilwell (Leicester), Joe Gomez (Liverpool), Michael Keane (Everton), Harry Maguire (Manchester United), Tyrone Mings (Aston Villa), Danny Rose (Tottenham), Kieran Trippier (Atlético de Madrid) e Aaron Wan-Bissaka (Manchester United).

Meio-campistas: Ross Barkley (Chelsea), Jordan Henderson (Liverpool), Declan Rice (West Ham), Maddison (Leicester), Mount (Chelsea), Oxlade-Chamberlain (Liverpool) e Winks (Tottenham).

Atacantes: Jesse Lingard (Manchester United), Marcus Rashord (Manchester United), Jadon Sancho (Borussia Dortmund), Raheem Sterling (Manchester City), Harry Kane (Tottenham) e Callum Wilson (Bournemouth).