O Milan terminou a 37ª rodada da Serie A com uma vitória por 2 a 0 sobre o Frosinone e vai para a jornada final ainda com chances de classificação para a próxima Champions League. Seria a volta à competição depois de seis temporadas. E nada melhor para dar um empurrãozinho do que se inspirar em um dos esquadrões que lá no passado levantou a taça da competição.

A vitória do final de semana marcou também a primeira vez em que os rossoneri vestiram o novo manto para a próxima temporada. A camisa, com listras finas, é um remake do uniforme usado em 1968/69, ano em que o clube venceu sua segunda Champions (então chamada Copa dos Campeões).

Aquele time, que contava, entre outros, com o craque Gianni Rivera, venceu o Ajax de um ainda jovem Johan Cruyff por 4 a 1, em final disputada no Santiago Bernabéu.

Com 65 pontos, um a menos que Atalanta e Internazionale, que também brigam pela última vaga, o Milan enfrenta a Spal na última rodada, precisando vencer e torcendo por um tropeço dos adversários. O uniforme novo já inspirou a equipe contra o Frosinone, e a expectativa é que o espírito vencedor daquela equipe do fim dos anos 1960 esteja novamente presente para assegurar a classificação.