O Milan esteve duas vezes ganhando do Lecce, no San Siro, mas não conseguiu manter a vantagem e, apesar de um gol e de uma assistência de Hakan Calhanoglu, ficou apenas no empate por 2 a 2 na estreia de Stefano Pioli, substituto de Marco Giampaolo, demitido durante a pausa internacional.

Não houve grandes revoluções em termos de escalação porque o Milan não tem muito de onde tirar, mas Piatek ficou no banco de reservas para que Rafael Leão fosse o titular pelo meio, com Calhanoglu e Suso pelos lados. O atacante português começou bem a partida, sendo responsável pelas primeiras boas chances do Milan. Aos 20 minutos, Biglia deu o passe e Calhanoglu encheu o pé com um chute cruzado para fazer 1 a 0, gol merecido pelo volume de jogo dos donos da casa na etapa inicial.

Mas, no segundo tempo, Andrea Conti meteu a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Khouma Babacar parou em Donnarumma, mas conseguiu chegar ao rebote antes da defesa e empatou. Piatek entrou no lugar de Leão, pouco depois, e mostrou seu oportunismo ao completar o cruzamento rasteiro de Calhanoglu, aos 36 minutos do segundo tempo.

Parecia que a vitória estava assegurada, mas Marco Calderoni acertou um chutaço cruzado de fora da área, e Pioli estreou com apenas um empate.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.

Classificações Sofascore Resultados