Poucos jogadores neste Brasileirão oferecem tamanho deleite a cada partida quanto Michael. O atacante do Goiás voa baixo, e não é de hoje. Entre tantos lances brilhantes, o jovem adicionou mais uma pintura para ressaltar o campeonato espetacular que faz pelo esmeraldino. Avançou com liberdade e acertou um chutaço de fora da área, muito longe do alcance de Cássio. Não estaria sozinho a produzir arte nesta quarta.

Ribamar não causa o mesmo impacto. Semanas mais novo que o próprio Michael, já rodou por Alemanha e Egito, agora encontrando o seu espaço no Vasco. Ainda assim, o garoto vislumbrou uma maneira de fazer a Lei do Ex brilhar em seu 100° jogo como profissional e acertou um petardo no clássico contra o Botafogo – clube onde surgiu. Um tirambaço cruzado de canhota, que Diego Cavalieri só viu estufando as redes. De maneiras distintas, duas batidas excepcionais.

A noite, porém, terminaria com sabores diferentes a Michael e Ribamar. O vascaíno comemorou a vitória no clássico por 2 a 1 e ouviu os aplausos em São Januário. O esmeraldino também foi aplaudido no Serra Dourada, mas com decepção. No final do segundo tempo, acertou um carrinho para vermelho e sequer reclamou, recebendo um pouco de consolo da torcida na caminhada até o vestiário. Viu o Corinthians arrancar o empate por 2 a 2 contra o Goiás nos acréscimos, graças a um pênalti discutível que rendeu outra expulsão.

Enquanto os goianos perdem a chance de se aproximar do G-6, com 37 pontos, os cruzmaltinos se veem um pouco mais distantes do Z-4, agora com 34 pontos. O Corinthians segue dentro do G-4, com 44, e o Botafogo sente o calor da zona perigosa, com 30.

Classificações Sofascore Resultados