México

Atuação espetacular de Tiago Volpi dá título inédito ao Querétaro em jogo emocionante

O Querétaro conquistou a Copa do México de uma forma épica, nos pênaltis contra o Chivas, um dos times mais populares do país. A final da competição, disputada em Querétaro, teve o brasileiro, ex-Figueirense, como o grande protagonista. Ao longo dos 90 minutos, o goleiro foi essencial para impedir que o Chivas marcasse. Nos pênaltis, pegou duas cobranças para se tornar herói.

LEIA TAMBÉM: Pratto e Robinho arrebentaram, e o talento que sobra ao Galo salva a inconsistência coletiva

O Querétaro já tinha sobrevivido a uma disputa por pênaltis na semifinal, contra o Toluca. Novamente, Volpi foi fundamental e acaba a competição como um dos principais jogadores desta conquista, inédita na história do clube. Foi o primeiro título de primeiro escalão da equipe, que antes só tinha conseguido o vice-campeonato do Torneio Clausura em 2015. Foram 65 anos de espera até a torcida dos Gallos ter motivos para comemorar.

A conquista foi tão importante que já levou Tiago Volpi a ter o seu contrato renovado até 2020. “Estou muito feliz. É simplesmente emocionante conquistar esse título inédito para o clube. Marcamos nossos nomes na história do Querétaro e isso é muito satisfatório”, afirmou Volpi.

“Agradeço a todos que me ajudaram e me apoiaram para chegar até aqui. Família, minha esposa, minha filha recém-nascida, meus amigos e companheiros de clube. Sem eles, sem essa força do conjunto, nada seria possível. Fui feliz durante o jogo e, nos pênaltis, é tudo questão de treinamento. Estudo bastante os adversários e treino diariamente bola parada. Graças a Deus, deu tudo certo e saímos com o título”, disse ainda o goleiro brasileiro.

Tiago Volpi tem 25 anos e é catarinense de Blumenau. Passou pelas categorias de base do Fluminense e do Esporte Clube São José, de São José dos Campos, onde se profissionalizou. Depois, passou pela Luverdense, em 2011, antes de chegar ao Figueirense e brilhar pelo clube da capital do seu estado natal.

O técnico Víctor Manuel Vicetich também escreve seu nome na história do clube, depois de fazer muito sucesso no comando do Monterrey, com dois títulos nacionais e três Concachampions, a Liga dos Campeões da Concacaf.

Veja os lances do jogo:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo