México

México sub-21 bate Venezuela, é campeão e comemora imitando o Chaves

O México chorou no fim da tarde, mas já teve motivos para comemorar à noite. O país ficou abalado pela notícia da morte do comediante Roberto Bolaños, criador das séries Chaves e Chapolin. O futebol apareceu para mudar o clima. Horas depois, em Veracruz, a seleção mexicana sub-21 disputou a final do torneio de futebol dos Jogos Centroamericanos contra o sub-21 da Venezuela. A medalha de ouro veio fácil, com uma vitória por 4 a 1.

LEIA MAIS: A obra de Roberto Bolaños sempre deixou transparecer sua paixão pelo futebol

Mas o melhor do jogo foi o primeiro gol. Aos 10 minutos do primeiro tempo, Ángel Zaldívar chutou forte da entrada da área. O goleiro Beycker Velázquez falhou e deixou a bola passar mansamente para o gol. Na comemoração, os jogadores mexicanos não esqueceram o momento que vivia o país. Na comemoração, eles se juntaram na bandeirinha de escanteio e homenagearam Bolaños, dando chutes no ar como Chaves fazia sempre que estava empolgado.

Se estivesse vivo, certamente Chaves estaria dando chutes para comemorar o gol.

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo