Pela sexta vez em sua carreira, Lionel Messi recebe o prêmio oferecido pela Fifa ao melhor jogador do mundo. Após ganhar cinco vezes a Bola de Ouro, nos tempos de condecoração em conjunto com a France Football, o camisa 10 faturou agora o “The Best”. Virgil van Dijk parecia despontar como favorito, especialmente após ser escolhido como o melhor da Europa pela Uefa. No entanto, o renome e o faro artilheiro do argentino pesaram mais do que a temporada vitoriosa do holandês. A votação foi realizada por técnicos e capitães das seleções filiadas à Fifa, assim como por um jornalista local de cada nação. Além disso, o público geral que vota no site da Fifa corresponde a uma parcela no pleito.

O Liverpool terminou premiado em outras duas categorias. Alisson recebeu como melhor goleiro e Jürgen Klopp foi o melhor técnico. Van Dijk teve como consolação a presença na Seleção FIFPro, votada por jogadores profissionais ao redor do planeta. Nesta lista, um pouco mais de controvérsia, com menção especial à premiação de Marcelo, reserva do Real Madrid, entre os melhores defensores do planeta, e também à de Luka Modric, depois de um ano ruim pelos merengues. Enquanto isso, nomes como Mohamed Salah e Sadio não tiveram espaço, mesmo ocupando a quarta e a quinta colocação na premiação principal.

Já em categorias que contemplam tanto o futebol masculino quanto o feminino, destaque ao prêmio Fair Play a Marcelo Bielsa; ao Fifa Fan Award para a palmeirense Silvia Grecco, ao lado do filho Nickollas; e ao Prêmio Puskás, que terminou com a bicicleta do húngaro Daniél Zsóri.

Melhor jogador: Lionel Messi (Barcelona)

Melhor goleiro: Alisson (Liverpool)

Melhor treinador: Jürgen Klopp (Liverpool)

Seleção FIFPro: Alisson (Liverpool), Matthijs de Ligt (Ajax/Juventus), Sergio Ramos (Real Madrid), Virgil van Dijk (Liverpool) e Marcelo (Real Madrid); Luka Modric (Real Madrid), Frenkie de Jong (Ajax/Barcelona) e Eden Hazard (Chelsea/Real Madrid); Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain), Lionel Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid).

Fifa Fair Play Award: Marcelo Bielsa (Leeds United)

Fifa Fan Award: Silvia Grecco e Nickollas (Palmeiras)

Prêmio Puskás: Dániel Zsóri (Debrecen)

A classificação final do prêmio de melhor jogador:

1° – Lionel Messi (46 pontos)
2° – Virgil van Dijk (38 pontos)
3° – Cristiano Ronaldo (36 pontos)
4° – Mohamed Salah (26 pontos)
5° – Sadio Mané (23 pontos)
6° – Kylian Mbappé (17 pontos)
7° – Frenkie de Jong (16 pontos)
8° – Eden Hazard (16 pontos)
9° Matthijs de Ligt (9 pontos)
10° – Harry Kane (5 pontos)