Em um dia que o Barcelona não mostrou um grande futebol, Lionel Messi tratou de decidir por si o jogo contra o Granada. O argentino fez dois gols quando o time perdia por 1 a 0, virou o jogo e garantia vitória por 2 a 1, jogando no duro estádio Nuevo Los Carmenes.

O Granada já tinha complicado a vida do Real Madrid, quando os merengues foram ao estádio na Andaluzia. O português Cristiano Ronaldo, normalmente letal no ataque, acabou marcando um gol contra na vitória por 1 a 0 do time do sul da Espanha. Desta vez, o Granada tentou complicar o líder do Campeonato Espanhol.

O domínio no primeiro tempo era do Barcelona, com ao menos três chances de gols criadas. Mas Alexis Sánchez e Pedro Rodríguez não estando em um dia bom. Até que, em uma bola invertida da direita para a esquerda, Nolito tocou de primeira para o meio e Odion Ighalo completou, impedido, para o gol. A posição de impedimento era difícil, mas o jogador estava ligeiramente à frente. Foi o placar do intervalo.

Na segunda etapa, veio o resgate. Aos cinco minutos da segunda etapa, o argentino tratou de igualar o placar e mandar para as redes. Foi o gol número 300 do atacante pelo Barcelona na carreira.

Logo depois, em uma jogada de Daniel Alves, Pedro mandou para a rede, mas o gol foi anulado por impedimento. O jogador pareceu estar na mesma linha da zaga. O empate parecia previsível, mas o que viria a seguir seria ainda mais. O argentino, em uma cobrança de falta, mandou para a rede. O goleiro Toño não conseguiu defender, ainda que tenha tocado na bola.

Os dois gols de Messi garantiram os três pontos ao Barcelona, que chegou a 65. O Atlético, que joga neste domingo, tem 50 pontos. O Real Madrid tem 46 e joga também neste domingo.