Com uma atuação de gala do seu meio-campo e gol de Mario Balotelli em sua volta ao time, a Itália venceu a Dinamarca por 3 a 1 em Milão e conseguiu derrotar o adversário mais forte do grupo B das eliminatórias para a Copa do Mundo.

Montolivo, De Rossi e o regente do time, Pirlo, mostraram que o meio-campo da Itália é difícil de enfrentar. Além de marcar muito, todos os jogadores sabem atuar ofensivamente – Marchisio  completa o setor. A Itália começou bem o jogo, abriu 2 a 0 e parecia garantir a tranquilidade na partida.

Um gol da Dinamarca no final do primeiro tempo e a expulsão de Pablo Osvaldo no início da segunda etapa, deixando a Itália com um a menos, tudo poderia se complicar. Mas Pirlo tratou de colocar a Itália em vantagem de novo com um lançamento preciso para o atacante Balotelli decidir o jogo. A vitória leva a Itália a dez pontos, quatro à frente da Bulgária, segunda colocada. A Dinamarca tem dois pontos na tabela. A próxima rodada será disputada só em 2013.

Formações iniciais

Destaque do jogo

O meio-campo da Itália comandou a vitória. As atuações de Montolivo e De Rossi foram do mesmo nível de Pirlo, o que tornou a Azzurra muito forte no setor. Não por acaso, os três gols tiveram participação dos meio-campistas.

Momento chave

O lançamento de Pirlo para o gol de Balotelli decidiu o jogo, depois de ver a Dinamarca diminuir no fim do primeiro tempo e ver Osvaldo ser expulso no início da segunda etapa.

Os gols

33’/1T: GOL DA ITÁLIA! Montolivo recebe passe de primeira de Balotelli e chuta forte de fora da área para abrir o placar em San Siro.

37’/1T: GOL DA ITÁLIA! Boa jogada de Pirlo na direita, que cruza paraa área e De Rossi toca de cabeça para ampliar o placar.

46’/1T: GOL DA DINAMARCA! O cruzamento da direita foi desviado e Kvist bateu para o gol para marcar em um chute rasteiro no canto.

9’/2T: GOL DA ITÁLIA! Lançamento longo de Pirlo para Balotelli, que se antecipa ao goleiro para tocar para o gol e marcar o terceiro gol italiano.

Curiosidade

Desde 2007 a Itália não jogava em San Siro. A última partida foi pelas eliminatórias para a Eurocopa de 2008, contra a França. A partida acabou em 0 a 0.

Ficha técnica

ITÁLIA 3X1 DINAMARCA

Itália
Morgan De Sanctis; Ignazio Abate, Andrea Barzagli, Giorgio Chiellini e Federico Balzaretti; Danielle De Rossi, Andrea Pirlo e Claudio Marchisio (Antonio Candreva, 29’/2T); Riccardo Montolivo (Emanuele Giaccherini, 41’/2T); Pablo Osvaldo e Mario Balotelli (Mattia Destro, 44’/2T). Técnico: Cesare Prandelli
Dinamarca
Stephan Andersen; Lars Jacobsen, Simon Kjaer, Daniel Agger e Michael Silberbauer (Kasper Lorentzen, 27’/2T); Nicolai Stokholm e Willian Kvist (Thomas Kahlenberg, 14’/2T); Dennis Rommedahl, Christian Erikssen e Michael Krohn-Dehli (Jakob Poulsen, 38’/2T); Nicklas Bendtner. Técnico: Morten Olsen
Local: Estádio San Siro (Milão-ITA)
Árbitro: Damir Skomina (ESL)
Gols: Riccardo Montolivo, 33’/1T, Daniele De Rossi, 37’/1T, Mario Balotelli, 9’/2T (Itália), Willian Kvist, 46’/1T (Dinamarca)
Cartões amarelos: Morgan De Sanctis, Daniele De Rossi (Itália), Nicolai Stockholm, William Kvist, Nickas Bendtner (Dinamarca)
Cartões vermelhos: Pablo Osvaldo (Itália)