Para a Fifa, Luka Modric foi eleito o melhor do mundo em 2018. A outra premiação mais falada do futebol mundial – a Bola de Ouro, entregue pela revista France Football – ainda terá seu ganhador revelado. Para Kylian Mbappé, pouco importa. Num evento de patrocinador, ocorrido na quinta passada, o atacante francês (indicado ele mesmo ao “Ballon D’or”) declarou à agência de notícias AFP que ainda vê predominância da dupla Lionel Messi-Cristiano Ronaldo no destaque do futebol mundial.

Mbappé explicou a opinião, mesmo reconhecendo a importância da Copa do Mundo na escolha do ganhador: “Não acho que algum deles ganhará a Bola de Ouro, porque foi ano de Copa, e ela tem preponderância. Mas se você olha os jogadores em sua forma mais pura, ainda não há ninguém melhor. Nesse ano foram os dois melhores, de novo: Messi ganhou a Chuteira de Ouro, Cristiano foi goleador da Liga dos Campeões. Não se pode dizer que é o fim da era deles, e só será quando aparecer alguém melhor”.

Ainda assim, o francês deixou claro que sonha em ser o escolhido para a Bola de Ouro, exatamente pelo destaque no título da Copa: “Francamente, eu espero [ganhar]. Alcançamos algo grande. Não seria injusto, porque seria uma palavra forte demais, mas seria vergonhoso que um francês não ganhe o prêmio”.