Mbappé: “Olhe nos meus olhos: eles estão brilhando. Espero que este seja só o começo”

O garoto soma 11 gols nos últimos 11 jogos que disputou pelo Monaco em todas as competições

Os números de Kylian Mbappé na temporada traduzem o jogador que ele é. Principalmente os construídos nos últimos 11 jogos disputados com o Monaco, nos quais o francês assinalou 11 gols. Uma média que se faz ainda mais incrível quando pensamos que se trata de um garoto de apenas 18 anos em campo, que tem muito a crescer e a se desenvolver. E apesar de ter sido substancial nos dois jogos contra o Manchester City de Pep Guardiola pela Champions, guiando o Monaco à classificação, é exatamente isto que ele diz esperar: que seu sucesso e o do time estejam só no começo.

LEIA MAIS: Quão bom é o Monaco? Eles deram uma amostra fazendo duas grandes partidas para eliminar o City

“Olhe nos meus olhos: eles estão brilhando. Isso que está acontecendo é verdadeiramente incrível. Estou saboreando o momento, e espero que isso seja apenas o começo de tudo”, falou Mbappé após o jogo, em entrevista à France Football na zona mista. “É evidente que esta é uma façanha contra um time do Manchester City que hoje está entre os melhores da Europa, com jogadores de nível internacional. Mas nós conseguimos elevar o nosso nível e encará-los de igual para igual. E tentamos desde o início mostrá-los que não era o dia deles, e sim o nosso”.

“Fomos para cima em seu campo, não deixamos eles jogarem no nosso, e em quase todas as nossas tentativas fizemos gols. Acho que eles não esperavam ir para o intervalo tomando 2 a 0. No segundo tempo, nosso desempenho caiu um pouco. Nós foram forçados a recuar, e eles começaram a quebrar as linhas com algumas passes, incluindo os de Kevin de Bruyne e David Silva. Mas nós mostramos que tínhamos caráter, e voltamos ao ataque para marcar o terceiro gol, e, assim, nos classificamos”.

Se os olhos de Mbappé estão brilhando diante do excelente momento que ele e o Monaco vivem, o de dirigentes de outros clubes também estão quando vêem o futebol que o garoto tem mostrado que tem. Mas Vadim Vasilyev, vice-presidente dos Rouge et Blanc, já deixou claro que o clube não tem intenção alguma de negociar o atacante. “Nossa ideia é mantê-lo no Monaco”, disse à rádio RTL. “Mbappé é produto das nossas categorias de base. Ele é nosso DNA. Estou muito orgulhoso dele e de todos. Nós temos um time para valer”.

Nesta quinta-feira, ficou comprovado que o sucesso do prodígio também encantou Didier Deschamps.  Mbappé foi convocado pelo técnico da seleção francesa para participar dos jogos contra Luxemburgo, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia, e Espanha, partida amistosa. “Ele tem muitas qualidades e prova isso há semanas, meses. Mbappé é jovem, mas a qualidade e o talento não têm idade. Outros jovens foram para a seleção antes dele. Eu pensei que fosse o momento certo para ele se juntar a nós, por isso o coloquei na lista de convocados”, declarou Deschamps durante coletiva de imprensa. Além do atacante, outros três destaques do Monaco foram chamados: Thomas Lemar, Djibril Sidibé e Benjamin Mendy.

“Se dá para compará-lo a Thierry Henry? Eu não gosto de comparar jogadores de diferentes gerações. Eles têm um perfil semelhante. A velocidade, a qualidade… Henry fez uma carreira, e é desejar para que Mbappé faça o mesmo. ‘Titi’ foi maduro no começo, e eu acho Kylian também muito maduro. Ele é capaz de ter a lucidez em suas escolhas no campo. Essa serenidade e essa tranquilidade que ele mostra ter antes de sair cara a cara com o goleiro são a sua força. Isso que o faz ser extremamente eficaz”, complementou o treinador.