A eliminação na Champions League deixou problemas para o PSG resolver. Um dos jogadores mais afetados pela eliminação diante do Manchester United foi o atacanre Kylian Mbappé. O jogador foi o principal nome no jogo de ida contra o United, na vitória por 2 a 0, e participou do único gol do PSG na derrota por 3 a 1 diante do United.

LEIA MAIS: Nasser Al-Khelaifi, presidente do PSG: “Queremos tomar decisões com a cabeça fria”

“É difícil, nós trabalhamos duro para chegar a este ponto e fomos eliminado”, declarou Mbappé ao canal de TV TF1. “Aqui nós estamos decepcionados, mas o futebol continua, nós tentaremos levantar nossas cabeças para terminar a temporada”.

“Eu estou atordoado, não há palavras. Eu não consegui dormir. Eu tenho certeza que aconteceu o mesmo com todo mundo. Honestamente, é difícil pensar muito porque a Champions League era o nosso objetivo. O estádio estava cheio e nós estragamos a festa. Não queríamos arruinar isso, mas no fim, foi o que fizemos”, afirmou o jogador.

“Mesmo que eu saiba que é complicado, especialmente depois do que aconteceu, eu acho que há muitas pessoas que duvidam [do PSG] e eles irão duvidar no futuro. Mas eu ainda acredito nesse projeto, eu tenho certeza que faremos algo bom neste clube”, disse o atacante. “Eu acho que os torcedores nos apoiam e eu espero que eles continuem a fazer isso porque eles sempre fizeram isso certo”.

“Nós continuaremos trabalhando porque nós temos que trabalhar, tentar melhorar todos os dias, porque, se fomos eliminados, talvez seja porque nos faltaram algumas coisas que não estivemos à altura”, analisou ainda o camisa 7 do PSG. “Agora temos que terminar a temporada da melhor forma possível e nos preparar para fazer melhor no próximo ano”.

Quando perguntado se isso significa que ele ficaria no PSG, Mbappé não deixou qualquer dúvida. “Eu estarei aqui, isso com certeza”, disse o atacante. “Com todos os problemas que nossa eliminação causou, não há sentido que a minha situação pessoal se some a isso. Então, isso é claro e preciso”.

O PSG não jogou no fim de semana. O jogo programado para a sexta, dia 8, seria contra o Nantes, mas foi adiado. O time volta a campo na terça-feira, pela Ligue 1, contra o Dijon.