Lothar Matthäus usou uma maneira um tanto quanto diferente para pedir um emprego. O atual técnico da seleção húngara, em entrevista publicada hoje no diário alemão Die Welt, apresentou-se como candidato ao cargo de treinador do Nürnberg. Ele possui contrato com os húngaros até o final do ano e vem sendo assediado por diversos clubes.

“O clube não me fez nenhuma proposta, mas estou pronto para negociar com o Nürnberg se os dirigentes pensarem que sou a pessoa de quem eles precisam, ou tenham se impressionado com o que fiz até agora”. Sob seu comando, a Hungria foi eliminada da Copa, terminando as eliminatórias em quarto lugar no grupo 8, com 14 pontos, atrás de Suécia (24), Croácia (24) e Bulgária (15).

Wolfgang Wolf, atual treinador da equipe, tem a confiança da direção do Nürnberg, apesar do vexame no fim de semana. O time vencia em casa o Armínia Bielefeld por 2 a 1 até os 40 do segundo tempo. Porém, permitiu a virada para 3 a 2 nos cinco minutos restantes.