Mascherano melhor do mundo em 2015? Veja os votos mais bizarros da Bola de Ouro

Veja algumas curiosidades sobre os votos da Bola de Ouro

A votação da Bola de Ouro é divertida em um aspecto: como os votantes são os capitães e técnicos das seleções, além de um representante da imprensa de cada país, normalmente o resultado é relativamente previsível. Mesmo assim, é possível ver coisas bem bizarras na abertura de todos os votos, onde podemos ver quem votou em quem. Como, por exemplo, o técnico de Fiji, que escolheu Javier Mascherano como o melhor jogador do mundo em 2015. Sim, é isso mesmo. E não foi o único. Cinco dos votantes escolheram o jogador como o melhor do mundo.

LEIA MAIS:
– Estes são os vencedores da Bola de Ouro 2015
– Bola de Ouro: os feitos que devolveram Messi ao topo do mundo
– Quando o vencedor da Bola de Ouro era um quarentão: o feito de Stanley Matthews

O capitão da Guatemala, Carlos Alberto Ruiz, votou em Mascherano como melhor do mundo, seguido por Cristiano Ronaldo e James Rodríguez. Isso mesmo: nada de Messi ou Neymar. Já o capitão da Mauritânia, Oumar N’Diaye, votou em Mascherano como melhor, seguido por Cristiano Ronaldo e Neymar. Sim, nada de Messi. Quem também votou no Chefito foi Per Ciljan Skjelbred, capitão da Noruega. O volante foi o melhor, seguido por Cristiano Ronaldo e Gareth Bale.

Entre os treinadores, o técnico da Argentina até citou Mascherano, mas só em terceiro lugar. Em primeiro, claro, Lionel Messi, seguido por Sergio Agüero. Mas assim como o capitão da Guatemala, o técnico da seleção também votou em Masch. Ivan Franco Sopegno escolheu Mascherano, Cristiano Ronaldo e James Rodríguez. O técnico de Fiji, Sanju Prasad, escolheu o camisa 14 como melhor do mundo, seguido por Thomas Müller e Toni Kroos. Entre os jornalistas, nenhum votou em Mascherano.

Neymar, o melhor do mundo

Neymar ficou em terceiro lugar, muito longe do segundo, Cristiano Ronaldo. Mas mesmo assim, apareceram votos para ele como o melhor. Seis capitães de seleções votaram nele: Samoa Americana, Costa Rica, Equador, Filipinas, Ilhas Salomão e Zâmbia. Entre os técnicos, Dunga, claro, votou no seu camisa 10 e capitão. Além dele, outros cinco técnicos votaram em Neymar como melhor do mundo: Curaçao, Gana, Honduras, Nova Caledônia e Zâmbia. Entre os membros da imprensa que votam, três escolheram Neymar como o melhor do mundo: Azerbaijão, Turcos e Caicos e Ucrânia.

Os votos dos finalistas

Curiosamente, os três finalistas são capitães das suas seleções. Pela Argentina, Messi foi parça dos companheiros de Barcelona. Votou em Luis Suárez em primeiro, Neymar em segundo e em Andrés Iniesta em terceiro. Neymar, pelo Brasil, não fez muito diferente. Votou em Messi em primeiro, Luis Suárez em segundo e em Ivan Rakitic em terceiro. Todos do Barcelona. O comportamento se repete com Cristiano Ronaldo. Capitão de Portugal, ele escolheu três companheiros de Real Madrid: Karim Benzema em primeiro, James Rodríguez em segundo e Gareth Bale em terceiro.

Quer ver os votos de todo mundo? É possível ver o voto de cada um para a Bola de Ouro de jogador do ano aqui. A votação está ordenada primeiro com os capitães das seleções, depois técnicos e por fim, membros da imprensa. Veja também a votação de cada um para melhor técnico.