O técnico da seleção da Líbia, Marcos Paquetá, viaja nesta quarta-feira ao Egito para comandar sua equipe na partida contra Moçambique, neste sábado, pelas eliminatórias para a Copa das Nações Africanas. Paquetá, no entanto, não sabe se poderá contar com todos os 30 atletas convocados, pois, em razão dos conflitos no país, alguns já não participaram de jogos anteriores.

“Ainda não tenho uma ideia de quantos e quais jogadores poderão se apresentar. Espero que todos estejam bem e em condições de se juntar a nós no Egito. Como tenho contrato, vou dirigir o time neste jogo, mas vou aproveitar para conversar com os dirigentes e avaliar se darei continuidade a este projeto”, disse Paquetá, que comentou sobre a situação na Líbia.

“Nesse momento difícil que o país atravessa, o futebol é o que menos importa. Mas como a partida foi confirmada, vou tentar fazer o melhor trabalho possível para manter a seleção da Líbia no caminho da classificação à Copa das Nações Africanas”.