O futebol italiano vive uma temporada interessante, com a Juve tentando estabelecer seu novo jogo com Sarri, a Internazionale buscando combater a hegemonia dos bianconeri com um mercado agitado, e o Milan voltando ao passado para procurar em Ibrahimovic uma resposta para uma campanha ruim. De olho em tudo isso, Claudio Marchisio, que se aposentou recentemente do futebol, deu seus pitacos em entrevista à Sky Sport Italia. E aproveitou para exaltar um velho conhecido.

O ex-jogador da Juve e da seleção italiana, que pendurou as chuteiras em outubro de 2019, revelou que torce para que o Milan volte a seus melhores dias e que Ibrahimovic possa ajudar nisso. Mas Marchisio, ele próprio, teria tentado uma outra abordagem em Milão.

“Espero que ele vá dar uma agitada neles. Os rossoneri precisam voltar aos níveis em que eles merecem estar. Entretanto, em uma temporada com tantos problemas, eu teria tentado promover alguns jogadores da base”, comentou o ex-jogador.

Vale lembrar que Patrick Cutrone, atacante revelado pelo Milan e vendido na última janela de transferências de verão ao Wolverhampton, se queixou da falta de aposta do clube em seus jovens, em entrevista à Gazzetta dello Sport em agosto do ano passado.

“É sempre a mesma história: os estrangeiros são preferidos em relação à gente. Para nós, com 20 e poucos anos, é difícil. Mas, de qualquer forma, eu gostaria de enfatizar uma coisa: sempre serei grato ao Milan pelo que me deram”, afirmou à época.

Se, como nos últimos anos, os rossoneri parecem seguir à deriva, o rival da cidade parece ter finalmente se reerguido. Depois de 18 rodadas, a Internazionale ocupa a liderança da Serie A ao lado da Juventus, com 45 pontos, e, para Marchisio, não há segredo sobre a razão por trás disso.

“Ele (Conte) foi certamente a contratação mais importante da Inter. Ele já provou seu valor na Itália, no exterior e com a seleção italiana em um período difícil. E agora, na Inter, ele está o provando mais uma vez. Ele é a parte mais importante da Inter”, avaliou o ex-jogador, exaltando o técnico em meio ao bom desempenho de bons nomes individuais que chegaram ao elenco, como Lukaku e Sensi.

Marchisio afirma que os nerazzurri deram sinais importantes não só para si, mas à própria liga. Depois de muitos anos, a estabilidade enfim voltou, “e eles certamente estão tornando a campanha mais interessante do que foi em outras temporadas”, destacou.

Ex-jogador da Juventus que é, no entanto, ele obviamente não descarta sua antiga equipe na briga – ainda mais pela história recente hegemônica do time de Turim, campeão das últimas oito edições do Italiano. “A Juventus sabe que precisa seguir vencendo. E eles sabem também que têm um elenco muito bom.”

Porém, a Serie A nunca pareceu tão aberta nas edições anteriores quanto está na atual. E Marchisio vê nos concorrentes o potencial para desafiar até o fim a atual octacampeã: “Inter e Lazio estão demonstrando que podem acompanhar o ritmo”.

Standings provided by Sofascore LiveScore