O torcedor argentino precisou de três telas durante a última rodada do Grupo D. Uma no jogo contra a Nigéria, outra em Islândia x Croácia e uma terceira em Diego Maradona. O maior ídolo esportivo do país deu um show à parte nas arquibancadas de São Petersburgo, celebrando, dançando e até tirando uma bela pestana, enquanto a seleção argentina vencia os africanos por 2 a 1 e se colocava nas oitavas de final. 

A primeira aparição relevante foi no gol de Lionel Messi. Maradona pareceu entrar em transe na comemoração. Cruzou os braços sobre o peito e olhou para os céus. Em seguida, abriu os braços e olhou para os céus. Deve ter mandado uma mensagem a Deus. Abaixo das tribunas, torcedores argentinos usavam o celular para registrar a cena, que mais pareceu um culto religioso do que qualquer outra coisa. 

.

.

Enquanto a Argentina tentava marcar o segundo gol, Maradona mudou de esporte. Praticou os seus passos de dança com uma espectadora que estava na mesma tribuna que ele. 


E, depois de bailar, um bom cochilo para renovar as energias antes do segundo tempo.

No segundo tempo, Maradona foi mais discreto. Ou as câmeras deixaram-no em paz. No entanto, na hora do segundo gol da Argentina, o da classificação, o ídolo explodiu. De forma meio mal educada: 

Faixa bônus


Os comentários estão desativados.