O técnico da seleção italiana, Roberto Mancini, mostrou entusiasmo para a Eurocopa 2020, ressaltando que o time fez tantos gols quanto a Bélgica. Apesar disso, o treinador rechaçou a ideia que o Grupo A é fácil, como foi apontado em alguns lugares. Para ele, Turquia, Gales e Suíça são adversários difíceis e darão trabalho para os italianos. Confira aqui todos os grupos da Eurocopa.

“O grupo não é fácil como todo mundo está dizendo”, afirmou Mancini à Radio Anch’io Sport. “Mas nós podemos ser otimistas. Eu acredito que três deles não têm nada a perder”, continuou o comandante da Azzurra. “Eles todos tem jogadores bons e jovens. A Suíça é sempre corajosa. Eles conhecem o futebol italiano perfeitamente bem”.

Para o treinador, nenhum dos times é fraco e todos podem causar problemas aos italianos. “Gales pode ser uma surpresa e a Turquia tirou quatro pontos da França nos seus jogos nas Eliminatórias”, declarou o treinador.

Mancini fez muitos testes ao longo das Eliminatórias e disse que já tem uma boa ideia do elenco que deve levar à Eurocopa. Apesar disso, ele disse que ainda está aberto ao talento, especialmente no ataque, onde parece que há mais concorrência. “Os contornos da equipe estão definidos. Então, se alguns jovens jogadores surgirem, como um novo Paolo Rossi ou [Salvatore] Schillaci… Nós adoraríamos”, afirmou Mancini. “Esperamos seguir tão bem quanto estamos. Não temos confiança apenas em [Ciro] Immobile, mas também em Gallo [Andrea Belotti] e alguns outros”.

A Itália fará a abertura da Eurocopa 2020 no dia 12 de junho, no estádio Olímpico de Roma, contra a Turquia. “Eu tentei trazer de volta a atmosfera das nossas noites mágicas. Nós precisamos deste entusiasmo. Não é fácil sempre vencer, mesmo as partidas menores, então é necessário ter positividade em todo o campo. Nós marcarmos tantos gols quanto a Bélgica, então é apenas certo ser otimista”.