A Internazionale tomou um susto mas se recuperou a tempo para arrancar um empate com o Ajax, pela primeira partida entre ambos pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões. Enquanto o técnico Danny Blind preferiu elogiar a atuação de seus jovens jogadores, que supriram a ausência de diversos titulares no meio-campo, Roberto Mancini se preocupou em defender Adriano.

Blind parabenizou o time, apesar de o Ajax ceder o empate quando havia aberto uma vantagem de 2 a 0. “No primeiro tempo, meus jogadores fizeram exatamente aquilo que eu havia pedido a eles. Baseado em uma boa organização e disciplina, pressionamos em cima do Ivan Córdoba, pois sabíamos que ele era o ponto fraco da equipe”, revelou.

Huntelaar, autor de um dos gols da equipe holandesa, mereceu elogios por parte do técnico. “Já sabíamos das qualidades dele, e Huntelaar teve uma excelente atuação. Ele jogou uma grande partida pela equipe”, disse.

O jogador lamentou pelo Ajax ter cedido o empate após ter sido melhor no primeiro tempo. “Nossas perdas de bola no segundo tempo foram desnecessárias e deram à Inter a chance de avançar. Foi uma pena termos concedido o segundo gol, quando falhamos em um contra-ataque. Marcamos duas vezes e por isso tudo ainda está aberto para a volta em Milão”, analisou Huntelaar.

Roberto Mancini também destacou a qualidade dos jovens jogadores do Ajax. “Sabíamos que seria uma partida difícil, pois no Ajax jogam jovens de qualidade e que tem o desejo de se mostrar em campo. Havíamos preparado uma outra partida mas, depois dos dois gols iniciais, o Ajax nos colocou em dificuldades. Porém, o resultado final foi seguramente importante e positivo”, avaliou.

O treinador rebateu as críticas sobre a atuação de Adriano, apagado durante boa parte do confronto. “Adriano estava abatido no final do primeiro tempo? Todos estávamos abatidos. Quando as coisas não andam bem, é necessário fazer qualquer coisa para melhorar. Todos tentamos mudar a situação. O salto de qualidade da equipe no segundo tempo foi também mérito pela entrada de Pizarro”, disse, citando a entrada do meia no lugar de Césa no intervalo.