O início da campanha do Manchester United na Premier League desta temporada pode estar sendo aquém do esperado, ainda que o campeonato esteja em sua oitava rodada e seja cedo para fazer grandes análises. As vendas dos uniformes do clube, no entanto, não são fieis à fase dos Red Devils. Isso porque hoje, o escudo do gigante inglês é o que mais estampa camisas ao redor do mundo. Não há ninguém à sua frente nesse aspecto. Nem mesmo Real Madrid e Barcelona, que são os times mais populares do planeta e expandem, cada vez mais, seus negócios nos mercados para além da Europa.

LEIA TAMBÉM: Giggs: “Rooney anda confuso e o único jeito que ele tem para se recuperar é treinando”

De acordo com um estudo divulgado pelo Sporting Intelligence, o United vendeu uma média de 1,75 milhões de camisas por ano ao longo das últimas cinco temporadas. Número este que confere aos vermelhos de Manchester o posto de clube que mais comercializa suas armaduras nos sete continentes. Logo atrás dos ingleses, vem o Real, com aproximadamente 1,65 milhões de camisas vendidas durante o mesmo período. Em seguida, o Barça, com 1,27 milhões, e o Bayern de Munique, com 1,2 milhões. Já em quinto lugar no ranking de dados compilados por uma equipe de marketeiros está o Chelsea, que vendeu quase 900 mil fardamentos em cada um dos últimos cinco anos e é o segundo clube inglês mais popular, comercialmente falando, do mundo.

AVG shirt 5yrs top 20 Europe

Como pode ser visto na tabela acima, os dois grandes rivais dos Red Devils, o Liverpool e o Manchester City, ficam na sexta e na 13ª colocação, respectivamente. O que é curioso é que o oponente da mesma cidade vendeu menos uniformes do que os dois times mais populares da Turquia, o Galatasaray e o Fenerbahçe. E isso mesmo tendo desenvolvido e ampliado sua marca, o que consequentemente tornou seus horizontes mais rentáveis nesse sentido. É importante pontuar, também, que todas essas informações numéricas são baseadas nas vendas de mercadorias oficiais, não levando em consideração os produtos mais acessíveis financeiramente, mas que não passam de réplicas e não geram lucro aos clubes.

Quanto à contrato de patrocínio com fornecedor de material esportivo, o Manchester United possui o segundo acordo mais valioso do planeta, recebendo £ 75 milhões por temporada da Adidas e perdendo apenas para o Barcelona, que renovou com a Nike este ano para receber £ 120 milhões pelo mesmo período. No que diz respeito aos valores que as marcas provedoras de uniformes pagam, o Chelsea fica em terceiro e será patrocinado pela Nike, parceira do United até 2014. O princípio disso tudo é simples: quanto mais mercadorias o clube vender, mais dinheiro o fabricante irá pagar para ser seu fornecedor. Ou para renovar o pacto.