United pode ter “dois representantes” na Champions

Com inclusão de Gibraltar nas competições europeias, xará gibraltino dos Red Devils pode conseguir vaga para a próxima Champions

Tricampeão da Liga dos Campeões, o Manchester United pode ganhar mais um representante na competição europeia a partir da próxima temporada. Isso porque Gibraltar, território ultramarino britânico localizado ao sul da Península Ibérica, terá direito a uma vaga na Champions League e na Liga Europa. E na pequena liga gibraltina de apenas oito times um deles tem o mesmo nome do atual campeão inglês, “Manchester United”. Fundado em 1962 por um grupo de torcedores do time de Old Trafford, o xará gibraltino sabe que, no entanto, não será fácil fazer companhia ao seu clube de inspiração na próxima Champions.

Inicialmente, o desafio para os Red Devils gibraltinos será acabar com a supremacia do Lincoln, campeão das últimas 11 edições do “Gibraltão”. O campeonato nacional do pequeno território ainda não começou, mas o capitão do time, Matthew Reoch, já reconhece que será muito difícil superar os favoritos do Lincoln nesta temporada e chegar ao 8º título do United na liga de Gibraltar. “Seria muito ambicioso dizer que podemos chegar tão longe (à Liga dos Campeões), mas o céu é o limite. Se não for nos próximos cinco anos, pode ser dentro de 40 anos”, afirmou, em entrevista à BBC.

O capitão do Lincoln e também da seleção gibraltina, Roy Chipolina mostrou-se bastante animado com a inclusão do país nas principais competições de clube europeias. “Mudou a maneira como as pessoas e os jogadores em Gibraltar olham para o futebol daqui. Isso está criando oportunidades animadoras tanto para os clubes quanto para os jogadores, e dá para notar na pré-temporada. Eles (atletas) estão mais dispostos a trabalhar, já que agora têm um grande objetivo à frente.”

“Tem jogadores estrangeiros vindo jogar em Gibraltar.  A competição será muito mais difícil neste ano. Alguns jogadores jovens que jogaram na Espanha voltaram para Gibraltar, com a esperança de jogar a Champions League”, completou Chipolina.

Além dos clubes de Gibraltar concorrerem agora a vagas em competições europeias, a seleção do território também poderá participar das Eliminatórias para a Eurocopa de 2016, que será sediada pela França.