A imprensa inglesa noticia nesta semana que o Manchester United encaminhou um pedido de permissão para instalar 1.500 lugares em que torcedores poderiam torcer de pé dentro do Old Trafford. A novidade é mais um avanço na luta dos clubes ingleses pelo retorno destes setores em seus estádios, algo proibido depois da tragédia de Hillsborough, em 1989.

A instalação seria feita em um dos quadrantes de canto do estádio, e donos de ingressos de temporada com assentos no setor receberam avisos de que provavelmente haverá testes ainda na atual edição da Premier League.

Em um fórum recente com torcedores, o United afirmou que acredita que a instalação dos rail seatings aumentaria a segurança dos espectadores em áreas em que as pessoas costumam persistir em ficar de pé

Em comunicado, um grupo de defesa dos interesses dos torcedores do Manchester United, o MUST, comemorou a novidade e disse esperar que o processo avance o mais rápido possível: “Nossa esperança seria então de vê-lo lançado em outras áreas do estádio, onde existe a demanda”

O pedido do Manchester United foi feito em dezembro de 2019, ao Safety Advisory Group, órgão de segurança local, e segue a tendência de outros clubes da Premier League. O Wolverhampton anunciou a criação destes lugares especiais em maio do ano passado. Em seu novo estádio, o Tottenham destinou duas áreas para estes assentos retráteis com barras conhecidos como “rail seats”: cerca de seis mil lugares na South Stand, a imponente arquibancada da arena com capacidade de 17 mil, e mais 1.500 lugares no setor de visitantes.

Isso tem acontecido porque, em 2018, uma mudança na legislação pela Sports Ground Safety Authority (SGSA, órgão consultor de segurança em estádios para o governo do Reino Unido) abriu caminho para a introdução de barras à frente das cadeiras. Entretanto, ainda não houve a liberação para a utilização destes assentos especiais.

O Manchester United, preocupado em melhorar a atmosfera de seu Teatro dos Sonhos, é um dos clubes mais envolvidos na busca pelo retorno da possibilidade de se torcer de pé dentro dos estádios ingleses. Na Alemanha, o mesmo modelo, com assentos retráteis e barras de ferro, faz sucesso há muitos anos.