Para quem gosta de bom futebol, um prato cheio. O duelo entre Lyon e Roma, no primeiro encontro pelas oitavas de final da Liga Europa, deixou os torcedores sem fôlego. Pudera: os dois times buscaram o ataque e fizeram uma partida memorável na França. Foram 39 finalizações ao longo dos 90 minutos. E, como não deixaria de ser, as redes estufaram várias vezes. O placar sofreu duas reviravoltas, até que os Gones confirmassem a vitória por 4 a 2. Grande resultado possibilitado pela qualidade de sua jovem linha de frente. Alexandre Lacazette, Nabil Fekir e Corentin Tolisso deixaram suas marcas no Parc Olympique Lyonnais.

Oito minutos bastaram para o primeiro sinal de que a noite seria movimentada. Mouctar Diakhaby aproveitou o cruzamento desviado para abrir o placar ao Lyon. Entretanto, a Roma foi melhor na primeira meia hora de jogo e mereceu a virada. Os giallorossi atacaram com intensidade, principalmente pelo apoio de Radja Nainggolan e Kevin Strootman na faixa central. O empate saiu aos 20, com Mohamed Salah aproveitando o escorregão de Diakhaby. Já a virada se concretizou aos 33, com Federico Fazio dando sua contribuição no ataque.

O Lyon precisava reagir. Começou a martelar a meta romanista antes mesmo do intervalo. Alisson trabalhou bastante contra as investidas dos anfitriões, com a trinca de meias contribuindo para a pressão – em especial, Mathieu Valbuena. Porém, aos dois minutos do segundo tempo, o brasileiro não teve o que fazer, em ótimo chute cruzado de Tolisso, após excelente troca de passes com Lacazette. Os Gones cresceram na etapa complementar. E a nova virada se consumou aos 29, em grande jogada individual de Fekir, que acabara de sair no banco.

A partir de então, o jogo ficou aberto. A Roma tentou recobrar o prejuízo e o goleiro Anthony Lopes passou a ser acionado com maior frequência. Entretanto, isso significava também mais espaço para que o ataque do Lyon acelerasse. E uma brecha nos acréscimos acabou sendo fatal. A bola sobrou na entrada da área para Lacazette soltar o pé. Faltava o dele. Mereceu estufar as redes, colocando um ponto final na partidaça.

O panorama continua completamente aberto. A Roma possui um time mais completo e qualidade o suficiente para reverter a situação no Estádio Olímpico. Entretanto, o Lyon já demonstrou capacidade o suficiente para empacotar mais gols nesta Liga Europa. Expectativa de outro ótimo encontro na próxima semana. Embate digno da grandeza da competição europeia.