Dificilmente conseguiremos encontrar uma barganha melhor que Riyad Mahrez. O argelino foi contratado pelo Leicester dois anos atrás por apenas £ 400 mil (R$ 2 milhões) e correspondeu vencendo o prêmio de melhor jogador da temporada, na eleição dos jogadores, graças aos seus 17 gols e 10 assistências na campanha mágica do clube do técnico Claudio Ranieri.

LEIA MAIS: Ranieri aos jogadores do Leicester: “Nós sonhamos até aqui, agora façam o sonho virar realidade”

De acordo com um levantamento da Sky Sports, isso o torna o melhor jogador da temporada mais barato da história da Premier League, a era moderna do Campeonato Inglês, que começou em 1992/93. Antes disso, a comparação não faria muito sentido, porque o futebol do país passava por outra realidade financeira.

Em anos anteriores, mesmo assim, Mark Hughes (£ 2 milhões), John Barnes (£ 750 mil), Kenny Dalglish (£ 440 mil) e Gary Lineker (£ 700 mil) foram alguns vencedores do prêmio, cuja primeira edição foi realizada em 1974, mais caros que Mahrez.

Isso também é verdade para os anos noventa, em comparação com os dias atuais, em que taxas de transferência próximas de £ 100 milhões não são tão raras, mas, mesmo assim, alguns jogadores que brilharam nessa década foram muito mais caros do que Mahrez, o que só reforça o ótimo negócio feito pelo Leicester.

Por exemplo: Alan Shearer, o craque do Blackburn no título de 1995, custou £ 3,6 milhões (R$ 18,5 milhões), nove vezes mais do que o argelino. Les Ferdinand, que brilhou pelo Newcastle na temporada seguinte, exigiu um pagamento de £ 6 milhões (R$ 30 milhões). Alan Shearer, por sua vez, custou £ 15 milhões (R$ 77 milhões) e brilhou pelos Magpies em 1996/97.

O jogador mais barato a vencer o prêmio de melhor jogador da temporada foi Paul McGrath, do Aston Villa, em 1992/93. Ele custou as mesmas £ 400 mil que Mahrez. O mais caro foi justamente o ganhador do prêmio na última temporada: o Chelsea gastou £ 32 milhões (R$ 164 milhões) para tirar Eden Hazard do Lille.

A lista ainda tem John Terry, Steven Gerrard e Ryan Giggs, que levaram o prêmio pelos clubes que os formaram (Chelsea, Liverpool e Manchester United, respectivamente), logo, na prática, é impossível mensurar exatamente quanto foi gasto no processo.

Veja aqui a lista completa de jogadores da temporada e o quanto foi pago por eles.