A rodada da Copa da Inglaterra teve 31 jogos de sexta a domingo, restando apenas o duelo entre Wolverhampton e Liverpool para completar esta primeira etapa dos 32-avos de final. Ao todo, oito equipes eliminaram adversários de divisões superiores. E o domingo contou com os resultados mais surpreendentes da jornada. O Barnet, fazendo uma campanha medíocre na quinta divisão, é o único sobrevivente que não disputa a Football League. Fora de casa, eliminou o Sheffield United – curiosamente, forte candidato ao acesso na Championship. Enquanto isso, dois representantes da League Two (a quarta divisão) fizeram sua festa contra oponentes da Premier League. Enquanto o Newport County despachou o Leicester City, o Oldham Athletic ampliou os lamentos do Fulham de Claudio Ranieri.

O drama do Fulham, jogando com reservas, foi maior. Afinal, os Cottagers atuavam em casa e saíram em vantagem no placar, com Denis Odoi. A virada do Oldham só tomou forma a partir dos 31 do segundo tempo. Sam Surridge converteu pênalti aos 31 e deixou tudo igual. Já aos 39, o goleiro Daniel Iversen defendeu uma penalidade cobrada por Aleksandar Mitrovic. Abriu o caminho para Callum Lang se tornar herói quatro minutos depois, anotando de cabeça e consumando a vitória épica por 2 a 1. Rebaixados na última edição da terceirona, os Latics ocupam o décimo lugar na League Two. A diferença entre os times na tabela geral do Campeonato Inglês é de 59 posições. E o detalhe é que o Oldham sequer possui um treinador fixo, atualmente dirigido por um interino.

 

A distância entre Leicester e Newport na pirâmide do futebol inglês é até maior. Enquanto as Raposas tentam se firmar na metade superior da Premier League, aparecendo na sétima colocação, os galeses não empolgam na League Two, ocupando o 13° lugar. São 74 posições de diferença na tabela unificada do Campeonato Inglês. Mesmo assim, os pequeninos cometeram o crime diante de sua torcida, no acanhado estádio de Rodney Parade. Desde 1964 que os Ironsides não batiam um adversário da elite pela Copa da Inglaterra. Curiosamente, no ano em que o Leicester conquistou a Premier League, o Newport ficou a uma posição do descenso à quinta divisão.

Jamille Matt abriu o placar ao Newport logo aos dez minutos. No segundo tempo, após uma série de boas defesas do goleiro Joe Day, Rachid Ghezzal ao menos tentou forçar o replay ao Leicester, igualando aos 37. Cinco minutos depois, porém, Marc Albrighton cometeu um pênalti bobo. Pádraig Amond converteu e selou a vitória dos anfitriões, por 2 a 1. Ao apito final, as cenas de júbilo tomaram o estádio. A torcida galesa, inclusive, criou um cântico para tirar sarro de Gary Lineker – ex-jogador e notório torcedor das Raposas. Os visitantes entraram em campo recheados de reservas, mas com cinco atletas que eram titulares na conquista da Premier League em 2015/16.

O Barnet, por sua vez, era um grande azarão contra o Sheffield United. As Blades ocupam a terceira colocação na Championship. Já os visitantes estão no 15° lugar na National League, a quinta divisão, após deixarem a Football League na temporada passada. A diferença entre as duas equipes na pirâmide é de 84 posições. E uma ironia do destino sentava no banco de reservas. Darren Currie é o técnico interino das Abelhas. Seu tio, Tony, foi ex-jogador da seleção inglesa. De tão ídolo do Sheffield United, dá nome a um dos setores das arquibancadas de Bramall Lane. Pois foi dentro do próprio estádio que o Barnet causou furor, ao garantir a vitória por 1 a 0, gol de Shaquile Coulthirst cobrando pênalti. Vale ressaltar, todavia, que os anfitriões também pouparam seus titulares.

Além de Barnet, Oldham e Newport, outras zebras se espalharam entre sábado e domingo. O Gillingham (League One) foi o carrasco do Cardiff (Premier League); o Accrington Stanley (League One) ampliou o drama do Ipswich Town (Championship), que não ganha um jogo pela FA Cup há nove anos; o Bristol City (Championship) recobrou sua veia copeira ao eliminar o Huddersfield Town (Premier League); o Portsmouth (League One) teve uma pontinha de glória para cima do Norwich City (Championship), ambos fortes no acesso em suas divisões; por fim, o Doncaster Rovers (League One) surpreendeu o Preston North End (Championship) fora de casa. Único time da sexta divisão nesta fase da Copa da Inglaterra, o Woking caiu ante o Watford, mas certamente ficou satisfeito pela magra derrota por 2 a 0. Além do mais, há ainda mais quatro replays para acontecerem, todos envolvendo times de divisões distintas entre si. Novas chances de surpresas.


Os comentários estão desativados.