A melhor maneira de se lidar com gozação é levá-la na esportiva. Tentar frear as provocações é a receita certa para incendiá-las – e o Lyon parece não saber disso. Insatisfeitos com o trabalho de Rudi Garcia, torcedores começaram a publicar imagens do treinador caracterizado como um palhaço. E o que fez o clube? Bloqueou o primeiro torcedor a realizar a montagem e prometeu prestar queixa contra outros torcedores que fizessem o mesmo.

Nesta quarta-feira (27), dois dias após o surgimento da primeira imagem, o Lyon publicou um comunicado em que afirmava que, “a partir de agora, vamos apresentar uma queixa por todo o conteúdo postado ou compartilhado em nossas redes sociais que possa constituir insulto, difamação, ameaças, assédio ou incitação ao ódio ou violência”. Embora esta descrição possa dar conta de episódios de discriminação, sendo uma ferramenta útil, ela veio como resposta às críticas justas feitas ao técnico. Por fim, a réplica de um torcedor, que você pode ver no tuíte abaixo, já dá a tônica da reação: “Tô nem aí”.

Nesses últimos dias, a imagem do técnico como um palhaço virou um meme, com o processo todo se acelerando desde que o Lyon bloqueou o torcedor responsável pela publicação original. Em entrevista ao L’Équipe, Yon Le Priol, da agência de criação We Are Social, explicou que começou assim um clássico “efeito Streisand”, em que uma tentativa de censurar uma informação acaba por disseminá-la muito mais.

“Bloqueando este tweet, o OL deu à luz um monstro. (…) Todas as pessoas no Twitter viram essa imagem, e, se o Lyon não tivesse reagido, ela teria permanecido dentro da comunidade de torcedores lyonnais”, explicou.

Desde a reação do clube, os torcedores lançaram até mesmo um concurso de montagens em crítica a Rudi Garcia. O técnico já não foi bem aceito ao ser contratado para substituir Sylvinho em outubro devido a seu passado no rival Olympique de Marseille. O nível apresentado pela equipe desde então não contribuiu para sua popularidade.

A vitória por 1 a 0 sobre a Juventus é um bom primeiro passo para Rudi Garcia começar a deixar a antipatia da torcida do Lyon por sua figura para trás. Porém, este processo, se é que vai acontecer, ainda está distante de se concretizar – e acaba de ser dificultado ainda mais pelo próprio clube.