Vivendo seu melhor momento em uma temporada bastante irregular, o Lyon tinha neste domingo uma grande chance de fortalecer sua candidatura a uma vaga nas competições europeias. O confronto com o Lille era o famoso “jogo de seis pontos”, e uma vitória aproximaria os comandados de Rudi Garcia do G4, onde estão as vagas europeias. No entanto, o desafio se provou grande demais ao OL, derrotado por 1 a 0 no norte da França.

O primeiro tempo do Lyon foi particularmente fraco, com o Lille dominando as ações. Jonathan Ikoné, em particular, provocou um verdadeiro salseiro na defesa lyonnaise. Aos oito minutos, o meia levou perigo em chute forte, à esquerda do gol de Anthony Lopes. Mais tarde, aos 22 minutos, sofreu falta de Bruno Guimarães e, na cobrança, acertou um chute venenoso, forçando Lopes a uma grande defesa.

Por fim, o gol veio aos 33 minutos. Em cobrança de escanteio bem ensaiada, Renato Sanches, que vive nos Dogues seu melhor momento no futebol profissional, tocou curto com Jonathan Bamba, se movimentou para atrair a marcação, recebeu o passe e logo devolveu a Bamba. Dentro da área, Loïc Rémy recuou para longe da defesa em linha do OL e, sozinho, bateu rasteiro para derrotar Anthony Lopes e fazer 1 a 0.

O começo do segundo tempo foi igualmente forte por parte do Lille, que levou perigo em duas oportunidades seguidas, com Osimhen e Ikoné. Na segunda delas, aos seis minutos, o meia acertou a trave direita do Lyon em chute baixo.

Os visitantes assustaram o adversário aos 16 minutos, quando Bruno Guimarães quase marcou um golaço, pegando sobra de bola levantada na área e, num sem pulo, acertando a bola rente à trave esquerda do goleiro Mike Maignan.

Em outra jogada de bola parada bem trabalhada, Ikoné cavou a bola por cima da barreira em cobrança de falta, deixando Rémy em condições de marcar, mas o atacante furou o chute e não conseguiu se recuperar a tempo de tentar outra finalização melhor.

Já nos acréscimos, o Lyon teve sua melhor oportunidade da partida. Bertrand Traoré, que entrara no segundo tempo no lugar do zagueiro Denayer, recebeu a bola na ponta direita, chamou a defesa do Lille para dançar e, dentro da área, bateu forte, mas por cima do gol, perto do travessão.

Em um último ato, Renato Sanches fez grande jogada, se desvencilhando da marcação duas vezes antes de soltar para Osimhen finalizar. O nigeriano, no entanto, demorou e foi travado por Lopes.

Standings provided by Sofascore LiveScore

A vitória no confronto deste domingo manteve o Lille (4º, com 49 pontos) na cola do Rennes (3º, com 50), que goleou o Montpellier por 5 a 0. O Lyon, que era o quinto colocado, caiu para sétimo e viu a distância para o Lille aumentar para nove pontos, quando poderia ser de três ao fim desta rodada.

O grande objetivo do OL é estar na próxima Champions League, mas apenas os dois primeiros vão direto à fase de grupos, enquanto o terceiro joga os playoffs. No momento, mesmo a vaga à Liga Europa (quarta posição) se distancia do clube.