A derrota para o Luverdense foi bastante dolorida ao Corinthians. Pela péssima atuação dos alvinegros em Lucas do Rio Verde e também pela inferioridade dos adversários no papel. Mas, sobretudo, porque os corintianos carregam um orgulho que nenhum outro grande brasileiro pode afirmar: nunca foram eliminados na Copa do Brasil por um time que não disputava a elite do Campeonato Brasileiro. Um tabu que o Luverdense, da Série C, tem a chance de quebrar.

O Corinthians até conta com alguns deslizes na Copa do Brasil. O mais notável, em 2005, quando engoliu uma derrota por 3 a 0 para o Cianorte. Porém, os alvinegros reverteram o placar com uma goleada por 5 a 1 em São Paulo e avançaram na competição. Nas 15 vezes que o clube de Parque São Jorge foi eliminado no mata-mata nacional, sempre esteve frente a frente com um adversário de primeira divisão – mesmo quando o próprio Corinthians estiva na Série B, derrotado na final de 2008 pelo Sport.

Ao todo, 52 clubes participaram nove ou mais vezes da Copa do Brasil, mais de um terço do total de edições. Desses, apenas o Corinthians nunca caiu para o time de fora da elite do Brasileirão. Dentre os 12 grandes, o Flamengo foi o que custou mais a perder essa marca, justamente na derrota para o Santo André na decisão de 2004 – no ano seguinte, repetiria a dose contra o Ceará. Já o São Paulo é quem, acima do Corinthians, tem o mínimo de eliminações para adversários de divisões inferiores: caiu somente uma vez, para o Criciúma, em 1990.

O Flamengo do Piauí não alcança os números do Corinthians, mas tem uma marca curiosa. Os rubro-negros participaram de 10 edições da Copa do Brasil. Em nove vezes foram eliminados por um time da primeira divisão do Campeonato Brasileiro. E na única oportunidade em que isso não aconteceu, o clube caiu para o Vasco, que então militava na Série B.

Tais números, logicamente, não garantem que o Corinthians passará pelo Luverdense. No entanto, a escrita está aí para ser mudada. E que os alvinegros não se enganem: se o time tiver uma atuação tão fraca quanto à do jogo de ida, a história estará pronta para ser mudada no Pacaembu.

A primeira vez dos grandes

A primeira eliminação de 26 clubes na Copa do Brasil para um adversário que não disputava a elite do Campeonato Brasileiro:

Atlético Mineiro – Criciúma (1991)
Atlético Paranaense – Sport (2003)
Bahia – Fortaleza (2001)
Botafogo – Coritiba (1991)
Ceará – Paysandu (1991)
Coritiba – Bahia (1999)
Criciúma – Palmeiras (2003)
Cruzeiro – Santa Cruz (1997)
Figueirense – Avaí (1999)
Flamengo – Santo André (2004)
Fluminense – Linhares (1994)
Fortaleza – Maranhão (2000)
Goiás – Criciúma (1991)
Grêmio – Criciúma (1991)
Internacional – Criciúma (1990)
Náutico – Sergipe (1992)
Palmeiras – Ceará (1994)
Paraná – Grêmio (1992)
Paysandu – Coritiba (1991)
Portuguesa – Icasa (2008)
Remo – Criciúma (1991)
Santa Cruz – Remo (1990)
Santos – Goiás (1999)
São Paulo – Criciúma (1990)
Sport – América-RN (2000)
Vasco – Remo (1991)
Vitória – Taguatinga (1990)