A vingança é um prato que se come frio. Mas a da Croácia foi deliciosa. Depois de levar 6 a 0 da Espanha, os vice-campeões mundiais ganharam a volta, em Zagreb, por 3 a 2, com um gol nos acréscimos do segundo tempo, e deixaram a situação dos espanhóis bem complicada na Liga das Nações. Do início ao fim, os donos da casa atuaram com intensidade total e, para o zagueiro Dejan Lovren, isso fez a diferença. 

“Tivemos mais colhões do que eles”, afirmou o jogador do Liverpool aos repórteres. “Estou feliz porque eles achavam que eram maiores do que nós e nós provamos que eles estavam errados”. Lovren reclamou que os adversários não cumprimentaram os croatas depois da partida. “Apenas Morata. Nunca vi isso. Eles foram rudes no gramado, sem fair play. Nós perdemos por 6 a 0, mas fomos justos”, completou. 

Lovren travou um duelo especial com Sergio Ramos, principalmente fora do campo, ainda na esteira da final da Champions League, quando o zagueiro espanhol derrubou Mohamed Salah, que precisou sair machucado, e o Real Madrid ganhou o terceiro título seguido. Antes do jogo, Lovren cutucou o adversário, dizendo que ele parece melhor do que realmente é por causa dos companheiros. 

Depois da partida, ele publicou um vídeo no Instagram provocando um pouco mais. Disse que “matou” Sergio Ramos com o cotovelo, que gostaria de ter deixado a sua marca, que os espanhóis falam demais na imprensa e ainda soltou um palavrão. Depois, publicou uma foto de uma dividida aérea entre ele e Sergio Ramos. 

Com a vitória da Croácia, a Espanha depende de um empate entre Inglaterra e Croácia, no domingo, para passar às semifinais da Liga das Nações. Quem ganhar o duelo avança.