Vágner Love chegou a oito gols no Campeonato Brasileiro, na vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre o Joinville, na manhã deste domingo, em Itaquera. Foi um tento de certa dificuldade. Renato Augusto roubou no meio-campo e lançou o atacante, que precisou carregar a bola, vencer os marcadores do Joinville na corrida e tocar na saída do goleiro. Exigiu velocidade, técnica e precisão.

LEIA MAIS: Corinthians lança parceria com Napster para oferecer streaming de música para torcedores

No primeiro tempo, porém, ele poderia ter marcado sem nada disso. Uma bela escapada de Elias pela esquerda, e um passe na medida, deixou Love cara a cara com Agenor. Ele bateu de primeira para boa defesa do goleiro. Tudo bem, acontece. Mas o rebote veio mansinho no seu pé direito, a uns quatro metos da meta, sem ninguém na sua frente. E a bola foi para as arquibancadas.

“O Elias saiu muito bem, ele me de um belo passe”, disse Love na saída do gramado para o SporTV.  “Tentei pegar de primeira no contrapé do goleiro e ele fez uma boa defesa. Mas é aquela coisa de atacante que quer comemorar antes de fazer gol. Perdi uma grande chance”.

O placar estava zerado naquele momento, e o gol de Love teria apenas acelerado a vitória tranquila do Corinthians sobre o Joinville. Agora, são 17 rodadas de invencibilidade para o time de Tite, líder do Campeonato Brasileiro com seis pontos de vantagem para o Atlético Mineiro, que joga neste domingo contra o Cruzeiro. E embora Love seja o vice-artilheiro do clube no torneio, com oito gols, um a menos que Jadson, e o quarto no geral, atrás de Lucas Pratto (10) e Ricardo Oliveira (16), lances como esse deixam a torcida um pouquinho ressabiada.

O gol que Love perdeu:

E o gol que ele fez: