A torcida do Borussia Dortmund fez de tudo para tentar esquecer a saída de Mario Götze para o Bayern de Munique. E o maior símbolo disso foram as camisas do antigo ídolo. Algumas delas queimadas, outras com o nome do jogador recortado. Teve até mesmo quem colocasse fita isolante sobre as cinco letras hoje impronunciáveis no Signal Iduna Park. A partir de agora, nenhuma atitude drástica precisa ser tomada. O próprio Dortmund soluciona o problema.

O novo produto da loja oficial dos aurinegros é a substituição do nome na camisa, como conta o jornal Bild. O clube passou a ‘reciclar’ os uniformes de Götze. Por € 29, o torcedor leva sua camisa 2012/13 do ‘Judas’ e ganha ela de volta com o nome de ‘Mkhitaryan’ – que, além de fazer a mesma função, também usa o número 10. Bem mais barato que uma nova, que custa € 84,95. Se a moda pega, muitos clubes estariam lucrando com esse nicho do mercado de materiais esportivos.

A placa anunciando a promoção na loja do Dortmund (Fonte: 101 Great Goals)
A placa anunciando a promoção na loja do Dortmund (Fonte: 101 Great Goals)