Hugo Lloris não terá a ingrata missão de defender o gol do Tottenham contra o Lyon nesta quinta-feira, pelos 16-avos de final da Liga Europa. André Villas-Boas confirmou que Brad Friedel será o goleiro titular dos Spurs na partida, mantendo a rotação na meta da equipe e poupando o francês de um reencontro com o antigo clube.

“Você me viram fazer exatamente o oposto na fase de grupos da Liga Europa. É uma decisão já tomada. Obviamente, nós sabemos o que este jogo representa para Hugo a nível pessoal, porque é seu antigo clube. No entanto, penso no respeito em Brad e na confiança que temos nele”, disse Villas-Boas.

Comprado em agosto pelo Tottenham por € 10 milhões, Lloris havia defendido o Lyon por quatro anos, somando 200 partidas com os Gones. Nesta temporada, o capitão da seleção francesa começou como reserva de Friedel nos jogos da Premier League, mas tomou o lugar do veterano a partir da 12ª rodada.

Lloris defendeu a meta do Tottenham em 22 partidas e sofreu 22 gols. O goleiro encerrou nove confrontos sem sofrer um gol sequer. Além disso, somente em dois jogos o camisa 25 sofreu dois ou mais gols pelos Spurs.