Campeão europeu, o Liverpool colocou três jogadores entre os dez indicados por um painel de especialistas ao prêmio de melhor jogador do mundo concedido pela Fifa, o The Best. E nenhum deles é o goleiro Alisson. Mohamed Salah, Sadio Mané e Virgil Van Dijk estão na disputa com outros sete jogadores que se destacaram na Champions League e em suas ligas nacionais. Naturalmente, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi estão entre eles.

A grande novidade é a presença da dupla de jovens que ajudaram o Ajax a chegar às semifinais da Champions, Frenkie de Jong, 22 anos, e Matthijs de Ligt, 19. Harry Kane está representando o vice-campeão europeu Tottenham. Depois do que talvez tenha sido sua melhor temporada individualmente, Eden Hazard também está na disputa. Por fim, o artilheiro do Paris Saint-Germain na última temporada, Kylian Mbappé.

O prêmio considera o período entre 16 de julho de 2018 e 19 de julho de 2019. Os dez indicados foram escolhidos por um painel de especialistas e, agora, torcedores, jornalistas, capitães e treinadores de seleções nacionais escolhem os três finalistas e o vencedor, que será anunciado em 23 de setembro, durante cerimônia em Milão.

Treinadores

Tite, do Brasil (Foto: Getty Images)

Campeão da Copa América, Tite é o único representante brasileiro em todas as premiações da Fifa. Está indicado a melhor técnico, ao lado do argelino Djamel Belmadi, campeão da Copa Africana de Nações pela Argélia. O futebol de seleções também aparece com Ricardo Gareca, finalista da Copa América com o Peru, e Fernando Santos, campeão da Liga das Nações.

E Didier Deschamps que sabe-se lá porque está nesta lista. Em três linhas de justificativa, a Fifa diz que ele “levou seu time à liderança do grupo nas Eliminatórias da Euro”, o que é realmente um feito impressionante jogando contra Turquia, Islândia, Albânia, Moldávia e Andorra, e “supervisionou vitórias contra Holanda e Alemanha”. O motivo verdadeiro deve ter sido que esqueceram que a Copa do Mundo de 2018 não conta mais

No futebol de clubes, aparecem, claro, Jürgen Klopp, técnico do campeão europeu, e Mauricio Pochettino, comandante do vice. Além deles, foi feita uma boa lembrança a Erik Ten Hag, do Ajax. Pep Guardiola está mais uma vez merecidamente indicado. O argentino Marcelo Gallardo, campeão da Libertadores pelo River Plate, fecha a lista.

Estes são os indicados a jogador:

Cristiano Ronaldo (POR)
Frenkie de Jong (HOL)
Matthijs de Ligt (HOL)
Harry Kane (ING)
Eden Hazard (BEL)
Sadio Mané (SEN)
Kylian Mbappé (FRA)
Lionel Messi (ARG)
Mohamed Salah (EGI)
Virgil Van Dijk (HOL)

E estes a técnico: 

Djamel Belmadi (ALG)
Didier Deschamps (FRA)
Marcelo Gallardo (ARG)
Ricardo Gareca (ARG)
Pep Guardiola (ESP)
Jürgen Klopp (ALE)
Mauricio Pochetino (ARG)
Fernando Santos (POR)
Erik Ten Hag (HOL)
Tite (BRA)