Lippi: Ferrara pode deixar seleção se assumir Juventus

O treinador interino da Juventus, Ciro Ferrara, está livre para deixar a comissão técnica da seleção italiana caso seja escolhido para comandar o clube de Turim na próxima temporada.

O técnico da Azzurra, Marcello Lippi, afirmou nesta quarta-feira que não colocará empecilhos para a saída de Ferrara, que atualmente trabalha como seu auxiliar.

“Se ele for escolhido como novo técnico da Juventus, ele permanecerá na Itália e não viajará conosco para a Copa das Confederações na África do Sul”, disse Lippi durante entrevista coletiva no centro de treinamentos de Coverciano.

Ferrara assumiu o lugar de Claudio Ranieri na Juve a duas rodadas do fim do Campeonato Italiano. Com duas vitórias, sobre Siena e Lazio, ele ajudou a equipe a garantir o vice-campeonato e a classificação direta para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Outro técnico cotado para a Juve é Luciano Spalletti, atualmente na Roma. Antonio Conte, que levou o Bari de volta à Serie A depois de oito anos, era outro nome cotado, mas renovou seu compromisso com o atual clube e saiu da disputa.