A quinta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia trouxe diversas definições. O Grupo E da competição, por exemplo, já tem delimitado seus classificados para as oitavas de final com uma rodada de antecedência. O vice-campeão da última edição do Mundial de Clubes, o Kashima Antlers disputa o primeiro lugar da chave com o Muangthong United, da Tailândia, que vem surpreendendo e conseguiu a classificação para as oitavas pela primeira vez. Os outros grupos ainda estão indefinidos, mas alguns times já conquistaram o passe para a próxima etapa em busca do título asiático.

VEJA TAMBÉM: Com cinco títulos em 15 anos, Pachuca volta a reinar soberano na Concachampions

Dos participantes que representam a China, o Shanghai SIPG (de Elkeson, Oscar e Hulk) se garantiu nas oitavas nesta quarta-feira, após a vitória por 4 a 2 sobre o Seoul, em casa. Inclusive, os dois últimos brasileiros mexeram no placar, cada um uma vez. O Shanghai SIPG está no Grupo F com 12 pontos, o mesmo número que tem o Urawa Red Diamonds, do Japão. Ambos carimbaram o passaporte à próxima etapa. Outro chinês que está classificado é o Jiangsu, líder inalcançável do Grupo H, o qual divide com o lanterna Gamba Osaka, do Japão, o Adelaide United, da Austrália, e o Jeju United, da Coreia do Sul.

O Guangzhou Evergrande, por sua vez, ainda tem uma ponta de dúvida em relação ao seu futuro no torneio, embora já esteja com a classificação encaminhada. O time comandado por Felipão massacrou o Eastern SC, de Hong Kong, na última terça-feira. Goleada por 6 a 0 construída com mão de Paulinho, Alan e Ricardo Goulart. Porém, o adversário é o lanterna da chave, e a briga que interessa está entre o Guangzhou, o Suwon Samsung Bluewings, da Coreia do Sul, e o Kawasaki Frontale, do Japão. A equipe chinesa soma nove pontos, enquanto a sul-coreana e a japonesa, respectivamente, têm oito e sete pontos. A disputa perdurará até a última rodada.

Por falar em Guangzhou Evergrande, o clube pode sofrer punição devido a uma faixa exibida por sua torcida no duelo ante ao Eastern SC. “Aniquilar os cães britânicos, extinguir o veneno da independência de Hong Kong”, dizia a mensagem, expondo a posição contrária dos torcedores chineses ao movimento separatista de Hong Kong. A Confederação Asiática de Futebol (AFC) está julgando o ocorrido e deve sancionar o time. É importante lembrar que Hong Kong é parte da China – ainda que tenha autonomia – desde 1997, quando deixou de ser uma colônia britânica.

Voltando ao futebol, outro time que já está nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Ásia é o Lekhwiya, do Catar. Campeão do Campeonato Catariano de 2016/17, participa da Champions da AFC pela quarta vez e figura no Grupo B. Na terça-feira, venceu o Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, por 3 a 1, que foi o que o garantiu na próxima fase do torneio. No Grupo A, que também é composto por equipes do Oriente Médio e do Uzbequistão, está tudo em aberto. Os uzbeques do Lokomotiv Tashkent, os iranianos do Esteghlal, os sauditas do Al Taawoun e os emiratenses do Al Ahli ainda brigam por vagas na fase eliminatória.

Times já classificados para as oitavas de final, com uma rodada antes do fim da fase de grupos: Lekhwiya, Al Ain, Al Hilal, Muangthong United, Kashima Antlers, Urawa Red Diamonds, Shanghai SIPG e Jiangsu FC.