A Polônia se transformou em um “leão de eliminatórias” nos últimos anos. Bem ranqueada, a equipe consegue aparecer como cabeça de chave e escapa dos adversários mais temíveis. O mesmo aconteceu na campanha rumo à Euro 2020. Os alvirrubros não tinham grandes concorrentes e sobraram, com 25 pontos conquistados e o passaporte carimbado. Assim, o último compromisso pelo Grupo G serviu até mesmo para uma festa em Varsóvia. A vitória por 3 a 2 sobre a Eslovênia marcou a despedida de Lukasz Piszczek da equipe nacional. Destaque, para variar, a Robert Lewandowski. Desta vez o artilheiro incorporou o driblador e deu show de habilidade.

A carreira de Piszczek pela seleção da Polônia não tem tantos jogos, mas vale o reconhecimento a um dos jogadores mais importantes do país no século. O lateral estreou pelo time principal em 2007 e disputou 66 partidas. Esteve presente em três edições da Eurocopa, além do Mundial de 2018. No entanto, dedicando-se apenas ao Borussia Dortmund, aproveitou a ocasião para dar seu adeus aos torcedores. Foi homenageado com aplausos e condecorações. Melhor ainda, os companheiros lhe deram o triunfo.

A Polônia abriu o placar aos três minutos, num chute potente de Sebastian Szymanski. Tim Matavz empatou com o passe açucarado de Josip Ilicic, aos 14. Mas, apesar dos belos tentos, o melhor ficaria para o início do segundo tempo. Lewandowski esmerilhou a defesa eslovena. Recebeu na intermediária, se livrou de dois com uma finta estonteante, arrancou, enganou mais dois ao mudar de direção e chutou cruzado no cantinho de Jan Oblak. Golaço com uma pitada de Ronaldo, que certamente entra para uma galeria especial de obras do artilheiro. Foi uma enorme demonstração de habilidade.

A Eslovênia insistiria em assustar. Aos 16 minutos, Ilicic bateu forte para guardar o seu. Mas Jacek Gorálski seria o herói, com uma ajuda sensacional de Lewa aos 36. O centroavante até parecia jogador de futsal para se livrar de três marcadores, entre as pedaladas e as fintas. Cruzou e até lamentou o exagero na força. Para sua alegria, Kamil Grosicki aproveitou o lance com uma cabeçada para o meio e Gorálski concluiu às redes.

Lewandowski havia passado em branco contra Israel no sábado, fato raríssimo para sua temporada absurda. Terminou a campanha com seis gols nas Eliminatórias da Euro. Já a Polônia não conseguirá ser cabeça de chave na Eurocopa de 2020, mas pode lutar por uma campanha mais digna que na Copa do Mundo. Lewa permite tal aposta.

Classificações Sofascore Resultados