A utilização da tecnologia vem ganhando espaço no futebol, embora ainda sofra resistência em muitos lugares. O aparato mais popular nos últimos tempos é aquela que verifica se a bola ou não a linha de gol, já aplicada na Premier League e nos torneios oficiais da Fifa. E que, se fosse adotada pela Bundesliga, teria evitado um erro absurdo da arbitragem nesta sexta-feira.

O Bayer Leverkusen vencia o Hoffenheim por 1 a 0 quando a polêmica aconteceu, aos 25 minutos do segundo tempo. Stefan Kiessling completou de cabeça a cobrança de escanteio e até lamentou o arremate para fora. Porém, por causa de um furo na rede, a bola acabou parando dentro do gol e o tento foi validado pelo juiz.

A bola na rede pode até gerar dúvidas, mas ficou nítido que a conclusão de Kiessling foi mesmo para fora, ainda mais pela posição do árbitro. No fim do jogo, o Hoffenheim até diminuiu o placar para 2 a 1, o que deve dar uma margem ainda maior à reclamação. E, para piorar, o resultado levou o Bayer Leverkusen à liderança provisória da Bundesliga, passando à frente de Bayern Munique e Borussia Dortmund. Um lance que pode mudar não só a história do campeonato, mas também a história da arbitragem na Alemanha.